Angola e Tanzânia jogam em Libreville

António Cristóvão |
18 de Maio, 2017

Fotografia: Kindala Manuel | Edições Novembro

A Selecção Nacional Sub-17 de futebol joga hoje às 15h30, no estádio da Amizade, na cidade de Libreville, com a congénere da Tanzânia, para a segunda jornada do Grupo B da 12.ª edição do Campeonato Africano das Nações (CAN), que decorre desde domingo à tarde no Gabão.

Depois do desempenho evidenciado pela equipa nacional na ronda inaugural, principalmente na segunda parte do desafio, o técnico Languinha Simão corrigiu na sessão de ontem alguns aspectos de jogo, para enfrentar com tranquilidade o adversário.
Ontem, antes da sessão de treino, o corpo técnico preparou os aspectos relacionados com a ansiedade dos jogadores, para evitar o que se passou no desafio da primeira jornada.
Pelo que se observou no primeiro encontro, Languinha Simão vai provavelmente retirar o médio ofensivo Aratson Contreiras e, para ocupar a vaga, entra o avançado Melono Dala (autor de um dos golos da Selecção Nacional).
"Trabalhámos a nossa regularidade defensiva e ofensiva. O comportamento que devemos adoptar quando estamos sem a bola. Temos de estar bem física e mentalmente. Vamos aproveitar os espaços vazios para criar dificuldades aos adversários", disse ao canal desportivo da Radiodifusão Nacional de Angola (RNA), Rádio Cinco, em Libreville. A Tanzânia, por seu lado, com um conjunto forte e bem estruturado, também pretende triunfar para dar um passo com o pensamento na segunda fase da prova.
Na primeira jornada, o adversário da equipa nacional e estreante na prova travou com uma igualdade sem golos, a selecção do Mali, actual campeã africana, título conquistado na edição disputada em 2015, no Níger.  
Com estes fundamentos, espera-se por um desafio bastante equilibrado. Os detalhes podem decidir o resultado final do encontro. Para a mesma ronda, o Níger joga com o Mali, hoje às 18h30, no estádio da Amizade.
Na terceira e última jornada do grupo, a Selecção Nacional  joga com a similar do Mali, domingo às 18h30, no mesmo recinto. Noutro jogo da série e mesmo horário, a Tanzânia defronta o Níger, no estádio da cidade de Port Gentil.
Na terceira presença do país na competição, os Palanquinhas ambicionam chegar pela primeira vez à segunda fase, que apura de forma automática as quatro selecções presentes nas meias-finais para o Mundial a ter lugar em Dezembro, na Índia.
Na última presença na prova, há 18 anos na Guiné Conacri, a Selecção Nacional orientada por Oliveira Gonçalves, não passou para a etapa seguinte da prova, mas lançou as bases do sucesso alcançado pelos Sub-20, volvidos dois anos na Etiópia, com a conquista do título continental.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA