Desporto

Argentina afasta a Nigéria e afunda o sonho africano

A Argentina sofreu muito para vencer ontem a Nigéria, por 2-1, assegurando assim  a passagem aos oitavos-de-final do Mundial. Messi e Rojo foram os autores dos golos da selecção alviceleste. Nos 'oitavos' os argentinos marcam encontro com a França.

Fotografia: DR

Os sul-americanos  não resolveram na primeira parte e acabaram por sofrer um duro revés no arranque da segunda metade, com Cüneyt Çakir a assinalar grande pe-nalidade a favor da Nigéria, a castigar falta de Javier Mascherano sobre Balogun.
Ficaram algumas dúvidas sobre a justiça da decisão, mas houve de facto um puxão por parte do médio argentino.
O empate deu confiança às Super Águias, que na primeira parte não fizeram qualquer remate à baliza de Armani, e o jogo passou a ser mais equilibrado, com a Nigéria a conseguir chegar com mais perigo à baliza contrária e a ameaçar mesmo o 2-1, que aconteceu aos 87 minutos.
Finalista vencida na últi-ma edição do Mundial, a Argentina sofreu (e muito!) para conseguir a passagem.
Na outra partida do grupo, a Croácia, mesmo qualificada, em antecipação, derrotou por 2-1, a Islândia. Com o triunfo, os croatas fizeram o pleno e somaram nove pontos. Na etapa se-guinte, a Croácia joga com a Dinamarca. 
Para o Grupo C, França e Dinamarca apuram-se para os “oitavos”, após empate (0-0), enquanto o Peru, já eliminado da prova, venceu, por 2-0, a Austrália, que tinha de vencer para continuar em competição. A França com 7 pontos assegurou o pri-meiro lugar, a Dinamarca, foi segunda com 5.

Tempo

Multimédia