Desporto

Bélgica elimina Tunísia com golos de Lukaku

A Tunísia voltou a perder ontem, desta por 5-2, diante da Bélgica, na segunda jornada do Grupo G do Mundial da Rússia. Com este resultado, a selecção africana deita por terra as aspirações de chegar aos oitavos-de-final.

Lukaku iguala Cristiano Ronaldo na artilharia do Mundial
Fotografia: Dr

A Bélgica está apurada para a fase seguinte, ao somar seis pontos, depois de assinar a segunda maior goleada na competição. Sem uma exibição condizente com o resultado, no que toca ao volume ofensivo, os belgas aproveitaram os imensos erros cometidos pelos tunisinos.
Moralizada pela vitória diante do Panamá, a Bélgica entrou melhor e soube aproveitar a desconcentração da Tunísia, visível logo no primeiro minuto de jogo. Lukaku não conseguiu converter, mas pouco depois os belgas festejaram o primeiro golo, quando Hazard converteu uma grande penalidade cometida sobre si. Um erro desnecessário do defesa tunisino, mas que não foi caso único.
A Tunísia, que já tinha entrado pressionada, ficou ainda mais nervosa com o golo sofrido. Ali Maâloul perdeu a bola, Mertens serviu Lukaku e estava feito o segundo.
A equipa magrebina chegou a reduzir a desvantagem, na sequência de um pontapé de canto que Bronn cabeceou para golo (2-1), ao intervalo. No reatamento os tunisinos simplesmente desapareceram da partida. Lukaku bisou e igualou Cristiano Ronaldo na lista de melhores marcadores com quatro golos.
Para a conclusão da segunda jornada, jogam às 13h00, Panamá e Inglaterra. Um triunfo coloca os ingleses nos oitavos-de-final, sem precisar de fazer contas com o desfecho da última partida.

Tempo

Multimédia