Desporto

Brasil-Bélgica é o confronto de destaque da eliminatória

O confronto entre Brasil e Bélgica é, certamente, o desafio de maior cartaz dos quartos-de-finais desta 21ª edição do Campeonato do Mundo da FIFA, que a Rússia está a albergar desde 15 de Junho.

Ingressos para os desafios dos quartos estão esgotados
Fotografia: DR

Os canarinhos bateram o México no primeiro desafio do dia, por 2-0, ao passo que os “Diabos Vermelhos” sofreram bastante para derrotar o Japão, que esteve à beira de provocar um “escândalo”.
Depois de os japoneses terem estado a vencer, por 2-0, já nos instantes derradeiros do desafio aconteceu o que se pensava improvável. A Bélgica terminou com o sonho dos “Samurais Azuis”, que resistiram até ao fim e consentiram o “golpe de misericórdia”, no último segundo da partida, com a Bélgica a evitar o “sofrimento” do prolongamento e, se calhar, das grandes penalidades.
Haraguchi e TYakashi marcaram os golos do Japão, ao passo que Vertogen, Fellaini e Chadli fizeram a reviravolta dos “Diabos Vermelhos”. 
No primeiro jogo da tarde, o Brasil não precisou de “ sambar” muito, para deixar pelo caminho o México, por duas bolas sem resposta. Neymar e Firmino apontaram os golos dos “canarinhos”, todos na segunda parte da contenda. Neymar assinalou excelente exibição, com um golo apontado e uma assistência.
Mesmo sem ter feito uma grande exibição, o Brasil não precisou de mostrar todos os seus argumentos técnicos e tácticos para superarem o México que, no entanto, nunca virou a cara à luta, procurando sempre o caminho para a baliza contrária.
A disputa dos quartos-de-final começa com o “aperitivo”  Uruguai-França, na sexta-feira às 15h00, em Izhny Novogord, e  segundo “prato do dia” é servido às 19h00, no Kazan Arena com o Brasikl-Bélgica. Jogos de desfecho imprevisível, onde já se torna demasiado arriscado avançar os prováveis vencedores, dado o equilíbrio  e as surpresas que têm sido o dia a dia desta prova uma das mais disputadas.

Tempo

Multimédia