Desporto

CAF faz apreciação de três candidaturas

António Cristóvão |

A Confederação Africana de Futebol (CAF) anuncia, na próxima semana, um novo país para albergar a fase final da 5ª edição do Campeonato Africano das Nações (CHAN'), devido à retirada do Quénia pelos atrasos e incumprimentos na execução do caderno de encargos.

Palancas Negras estão entre os apurados para a fase final
Fotografia: Santos Pedro | Edições Novembro

A informação  foi apurada, ontem pelo Jornal de Angola, no sítio electrónico da CAF, para anunciar que o prazo de apresentação das candidaturas expirou no sábado passado, às 23h59.
Na reunião, realizada a 23 de Setembro na sede da CAF, na capital ghanense,  Accra, decidiu-se pela abertura de um novo processo de candidaturas, para a competição  a ser disputada de 12 de Janeiro a 4 de Fevereiro de 2018.
Entre os países concorrentes, estão a Guiné Equatorial, Etiópia e Marrocos, que apresentaram as candidaturas em substituição do Quénia, por não ter conseguido atender aos requisitos impostos pelo caderno de encargos da CAF. 
Além dos Palancas Negras, estão já apurados para a fase final do CHAN os Leões Indomáveis dos Camarões, Diabos Vermelhos do Congo, Chipolopolos da Zâmbia, Super Águias da Nigéria, Elefantes da Costa do Marfim, Trovão da Guiné Equatorial, Syli Nacional Conacry, Águias do Mali, Estrelas Negras do Ghana, Esquilos do Uganda, Cavaleiros do Mediterrâneo da Líbia, Leões do Atlas do Marrocos, Bravos Guerreiros da Namíbia e Falcões do Deserto do Sudão.    
O CHAN é uma competição que reúne 16 selecções nacionais constituída por atletas seleccionados dos campeonatos nacionais dos respectivos países.                                                                                                                

Tempo

Multimédia