Desporto

Federação apresenta prémios para o futebol

António Cristóvão |

As categorias da primeira edição do Prémio “Palancas Negras’2017” foram apresentadas, ontem, na Sala de Convenções da Galeria Nacional dos Desportos, no Complexo da Cidadela, no distrito urbano do Rangel, em Luanda, durante um encontro entre a direcção da Federação Angolana de Futebol (FAF), alguns agentes desportivos e a Comunicação Social.

Artur Almeida e Silva apresentou projecto de distinções
Fotografia: José Soares | Edições Novembro

A cerimónia começou com um pedido de desculpas da ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula Sacramento Neto, devido ao seu atraso na chegada ao local de apresentação do prémio. 
Artur Almeida e Silva, presidente da FAF, disse que os vencedores serão conhecidos no próximo dia 16 de Dezembro, às 19h00, durante uma gala  a ter lugar no Centro de Conferências de Belas (CCB), no distrito urbano da Samba, em Luanda.
Os prémios estão distribuídos em 23 categorias na classe de seniores femininos, masculinos e Sub-20, designadamente de melhor árbitro, dirigente, equipa ideal, golo, guarda-redes, jogador,  patrocinador, treinador, claque, equipa Fair Play e escola de futebol. Carlos Pacavira, comentador desportivo da Radiodifusão Nacional de Angola (RNA), é um dos membros do corpo de jurados, indicado pelo promotor da inciativa, enquanto os restantes serão conhecidos no próximo mês de Novembro, em conferência de imprensa.
Presentes no evento estiveram  Auxílio Jacob, representante do presidente do Comité Olímpico Angolano (COA) e presidente da Federação Angolana de Ginástica (FAG), Rogério Silva (antigo presidente do COA), Pedro Godinho (presidente da Federação Angolana de Andebol-FAAND), Paixão Júnior  (presidente do Progresso Associação Sambizanga) e Tomás Faria (presidente do Petro de Luanda) apresentaram sugestões e propostas, para melhorar a qualidade do prémio e do seu regulamento.

Tempo

Multimédia