Desporto

Misto de Benguela destrona Huambo

António Cristóvão |

O Misto de Benguela sagrou-se campeão nacional de futebol  para amputados, ao derrotar ontem a formação de Malanje, por 3-0, no Estádio Edelfride Palhares da Costa “Miau”, na cidade das Acácias Rubras.

Craques da modalidade brilharam na cidade das Acácias
Fotografia: M. Machangongo | Edições Novembro

Os golos do triunfo foram apontados por Pedro Vicente e Augusto da Silva, enquanto Martins Afonso, de Malanje, fez um auto-golo.
Benguela ocupou a primeira posição da tabela classificativa, com 14 pontos, e conquistou pela primeira vez o título, seguido pelo Huambo, com 13 pontos, mas folgou na ronda devido ao número ímpar de equipas. Noutro desafio da jornada, o 3 de Dezembro do Moxico venceu, com dificuldades, o Misto de Luanda B, por 2-1, também no estádio Edelfride Palhares da Costa “Miau”.No mesmo recinto da cidade de Benguela, o 1.º de Junho de Luanda goleou o Misto do Bengo, por 4-0. Pedro Vicente, do Misto de Benguela, foi o melhor marcador do Campeonato Nacional, com dez golos, enquanto Sandro do Rosário, do 1.º de Junho, ficou na segunda posição, com oito.
O campeonato, disputado no sistema de todos contra todos a uma voltam, contou com a participação dos mistos de Benguela (campeão), Huambo (2.º/13 pontos), 1.º de Junho (3.º/13), Malanje (4.º/09), 3 de Dezembro (5.º/07), Misto de Luanda B (6.º/04) e Misto do Bengo (7.º/00).
O Misto de Luanda foi considerado a sensação da prova da competição nacional, disputada  no Estádio Edelfride Palhares da Costa “Miau”.

Tempo

Multimédia