Desporto

Petro de Luanda lidera isolado o grupo B

António Cristóvão

O Petro de Luanda isolou-se ontem na liderança da tabela classificativa do grupo B do Campeonato Nacional Sub-20 de futebol, com nove pontos, ao derrotar, por 2-1, a Acácias Rubras, quarta com zero, no Estádio Edelfride Palhares da Costa “Miau”, em Benguela, na partida para a terceira jornada.

Jogadores tricolores querem conquistar o título Sub-20
Fotografia: Contreiras Pipa | Edições Novembro

Etiene abriu o marcador pelos tricolores na primeira parte do desafio, enquanto Kikas aumentou a vantagem na segunda e Augusto reduziu para a formação das Acácias Rubras no tempo de compensação.
A terceira ronda do grupo B fica concluída hoje, às 15h00, com o encontro entre Recreativo da Caála e Academia de Futebol de Angola (AFA) no Estádio Novo Campismo, no município da Catumbela.
O Caála e as Acácias Rubras partilham a quarta e última posição da tabela classificativa sem pontuar.
Para o grupo A, a Escola Norberto de Castro assumiu ontem o comando da classificação, com seis pontos, depois de suar bastante para vencer o Sagrada Esperança, por 1-0, no Estádio do Electro do Lobito.
Com este resultado, os diamantíferos da Lunda-Norte mantêm-se no quarto e penúltimo lugar, com um ponto. Norberto de Castro volta a jogar hoje, às 10h00, diante do Dom Bosco de Benguela (5º/00) no Estádio Edelfride Palhares da Costa “Miau”.
Para o encerramento da ronda, o Ferroviário da Huíla (2º/04) encara a Académica do Lobito (3º/03), às 16h00, no Estádio do Buraco.
No grupo C, o 1º de Maio de Benguela joga hoje, às 10h00, com o Desportivo Sacomar do Namibe no Estádio Edelfride Palhares da Costa “Miau”, para a quarta jornada da compita. Estas equipas repartem a quinta e última posição sem pontos.
Para a conclusão da jornada da série C, o 1º de Agosto, primeiro classificado da série, com seis pontos, enfrenta o Domant FC (3º/03), às 16h00, também no Estádio Edelfride Palhares da Costa “Miau”  
O campeonato, que começou no sábado passado, encerra a 26 do corrente, na cidade de Benguela.

Tempo

Multimédia