Desporto

Petro joga em Cabinda o comando do Girabola

António Cristóvão

Com hipóteses de isolar-se no comando do Girabola, em função da folga observada pelo 1º de Agosto, o Petro de Luanda, co-líder, 39 pontos, defronta o Sporting de Cabinda, às 15h00, no Estádio Municipal do Tafe, para a 22ª jornada da prova.

Tricolores podem ficar isolados na liderança do Campeonato Nacional da primeira divisão
Fotografia: Santos Pedro | Edições Novembro

Apesar de jogar em terreno alheio, os tricolores do Eixo Viário assumem o favoritismo diante dos “leões”, que querem voltar a rugir, depois de na quarta-feira terem travado os bi-campeões, em pleno Estádio Nacional  11 de Novembro.
Na primeira volta, o Petro venceu por 3-1, numa disputa equilibrada. 
Noutro desafio da ronda, a Académica do Lobito (6º/26) enfrenta o Desportivo da Huíla (4º/31), às 15h30, no Estádio do Buraco, na província de Benguela, com favoritismo repartido. Os militares da Região Sul querem desforrar-se da derrota sofrida em casa, na  primeira volta. O 1º de Maio de Benguela (14º/17) joga diante do Sagrada Esperança (7º/25), às 16h00, no estádio Edelfride Palhares da Costa “Miau”. Os anfitriões querem sacudir a onda de maus resultados, depois de terem vencido pela última vez no dia 22 de Abril, para a 11ª jornada.
Após o afastamento do técnico Ekrem Asma, os diamantíferos passaram a somar pontos com maior frequência e esperam fazê-lo no final da tarde de hoje, na cidade de Benguela.
O Progresso Sambizanga (9º/22) defronta o Cuando Cubango FC (10º/21), às 16h00, no Estádio Municipal dos Coqueiros, apostado em evitar adicionar mais um aos 13 empates que já levam no Girabola. O jogo é aguardado com grande expectativa. Na primeira volta, a formação de Menongue venceu por 1-0.
A ronda fica concluída amanhã à noite, no Estádio Municipal dos Coqueiros, quando o Kabuscorp do Palanca (11º/20) medir forças com o Domant FC (13º/17).
Ontem, na abertura da ronda, o Interclube venceu, com imensas dificuldades, o FC Bravos do Maquis, por 1-0, no estádio Jones Kufuna “Mundunduleno”, na cidade do Luena. Silva marcou o tento da formação da Polícia Nacional, no início da etapa complementar, numa jogada de insistência na área.
Com a vitória, o Interclube mantém-se na terceira posição da tabela classificativa, com 37 pontos, ao passo que o Bravos do Maquis complicou a situação no 12º lugar, com 20 pontos.
O Recreativo do Libolo, às ordens de André Makanga, venceu o Recreativo da Caála, por 4-1, na vila de Calulo, com “bis” de Magrão. Jaime e Ayala apontaram os restantes golos dos anfitriões.
A equipa do Cuanza-Sul juntou-se ao Sagrada Esperança na sétima posição, com 25 pontos. O Recreativo da Caála está no 15º posto, com 16.
André Makanga, antigo “capitão”  dos Palancas Negras, substituiu na terça-feira Kito Ribeiro, que rescindiu amigavelmente o contrato com o Libolo.

Tempo

Multimédia