Desporto

Petro reconhece hoje relva do palco do jogo

António Cristóvão

O Petro de Luanda realiza hoje, às 19h00, o treino de reconhecimento e  adaptação ao relvado do estádio Lucas “Masterpieces” Moripe, na cidade sul-africana de Pretória, onde joga amanhã no mesmo horário diante do Supersport United FC.

Fotografia: Vigas da Purificação | Edições Novembro

Nesta sessão de treino, o técnico Roberto Bianchi volta a privilegiar o trabalho com bola, para as correcções das jogadas de ataque e melhorar a eficácia na finalização, sem abdicar das precauções da organização defensiva.
Ontem, antes do embarque para Pretória, Roberto Bianchi admitiu que a finalização tem sido um dos principais “Calcanhares de Aquiles” do conjunto do Eixo Viário, mas garantiu que a equipa está a trabalhar para inverter o quadro.
“Estamos a criar oportunidades de golo, mas não marcámos. Falta-nos eficácia, e temos dificuldades para desequilibrar no ataque, durante a situação de um para um. Temos de melhorar nestes aspectos”, sublinhou  o técnico, preocupado com a ineficácia dos seus dianteiros.Para Roberto Bianchi vai ser um jogo difícil, mas crê na qualificação para a fase de grupos da competição africana. “Estamos a oito jo-gos sem perder, e pensámos na qualificação. Mas, sabemos que não vai ser fácil. Para nos apurarmos, temos de atacar e marcar, porque a eliminatória está aberta”, declarou confiante no apuramen-to do Petro.  
Roberto Bianchi levou para a cidade de Pretória os seguintes atletas: Lama, Gerson Barros, Tresor, Carlinhos, Elio Wilson, Manguxi, Wilson, Dennis, Diney, Maludi, Tony, Mira, Pedro Agostinho, Job, Tiago Azulão, Herenilson, Ariclenes e Nandinho. Bugos, Francis, Diógenes e Gomito Fonseca falharam a viagem, por problemas de saúde, enquanto Harrison aguarda a segunda fase de inscrição de jogadores.
O jogo é referente à se-gunda-mão da penúltima eliminatória de apuramento para a fase de grupos da 15ª edição da Taça Nelson Mandela. No dia 10 deste mês, angolanos e sul-africanos empataram sem golos, no Estádio Nacional 11 de Novembro.

Tempo

Multimédia