Desporto

RNA estreia com vitória na prova masculina

Filipe da Silva | Huambo

A equipa masculina da Rádio Nacional de Angola (RNA) estreou-se com vitória, 4-0, diante dos Leopardos do Huambo, na abertura do 20º Campeonato Nacional de Futsal, que decorre, desde quinta-feira até 21 deste mês, na cidade do Huambo.

Formação do Bairro Palanca entra com maior dose de favoritismo apesar de ser visitante
Fotografia: M. Machangongo | Edições Novembro

21 equipas participam na  20ª edição da prova sénior masculina e sete formações na 17ª feminina. O presidente da Federação Angolana de Futsal (Fafusa), Noé Alexandre Miguel, justificou a escolha do Huambo por ser uma província que congrega o maior número de praticantes a nível do país.  “Conseguimos congregar aqui no Huambo mais de 800 pessoas e acreditamos que a província ganha com isso em todos os aspectos: turístico, desportivo e social”, salientou o dirigente desportivo.
Noé Alexandre anunciou que a federação tem um grande desafio para o próximo ano, que é a realização dos jogos da eliminatória de acesso ao 1º torneio olímpico da juventude em futsal, na Argentina.
Este campeonato vai servir para a equipa técnica avaliar alguns atletas nessa faixa etária, para representarem Angola na pré-eliminatória em Luanda, em Janeiro de 2018.
O dirigente disse que é intenção da federação fazer do futsal uma modalidade de excelência  e que está a trabalhar para que este dia chegue. “Estamos no bom caminho. É só notar o número dos participantes; o número crescente de associações, núcleos, etc. Hoje só não se joga futsal naquelas províncias onde não há quadras desportivas. Mas, em princípio, ela é praticada em todo o país.”
Participam na prova as equipas  masculinas da RNT, Benfica do Cuanza-Sul, Águias do Bié, Aget de Cabinda, Desportivo da Chela, Coprat, Oásis do Namibe, Chapesseca, Banca da Sela do Cuanza-Sul, Veteranos do Huambo, Académicos do Namibe, APS do Huambo, IMAC do Bié, BFA de Benguela, Bombeiros do Namibe, Angola Telecom de Benguela, Misto do Cuanza-Norte, Águias Vermelhas de Benguela, Jovens Unidos do Cuanza-Sul e Rádio Nacional de Angola.

Tempo

Multimédia