Desporto

Selecção Nacional treina hoje no 11 de Novembro

António Cristóvão

Os Palancas Negras dão início hoje à noite aos trabalhos de preparação no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda, visando o derradeiro desafio contra a similar das Zebras do Botswana, sexta-feira, às 18h00, no Complexo Desportivo da cidade de Francistown.

A anteceder a sessão o seleccionador dá a conhecer aos jogadores a importância da partida
Fotografia: Agostinho Narciso | Edições Novembro

Os Palancas Negras dão início hoje à noite aos trabalhos de preparação no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda, visando o derradeiro desafio contra a similar das Zebras do Botswana, sexta-feira, às 18h00, no Complexo Desportivo da cidade de Francistown.
O encontro é pontuável para a sexta e última jornada do Grupo I da campanha de apuramento à fase final da 32ª edição da Taça de África das Nações (CAN), a disputar-se de 21 de Junho a 19 de Julho, no Egipto.
Antes da preparação, o corpo técnico da Selecção Nacional de Honras de Futebol aborda com os jogadores a importância do desafio, apesar de jogarem com o último classificado do grupo, com apenas um ponto. Depois da conversa, Aleksandar Jovic, preparador físico, ministra alguns exercícios na primeira parte do treino.
Na parte final, o seleccionador nacional, Srdan Vasiljecvic, e um dos seus adjuntos, Sasa Nikolic repartem os jogadores em dois grupos para montarem os esquemas tácticos, de modo a começarem a assimilar os movimentos defensivos e ofensivos, com realce para a finalização.
No apresto, o primeiro da semana, Vasiljevic deve contar já com o grupo completo, com a integração dos atletas do Petro de Luanda e os que jogam no continente europeu.
Além dos futebolistas do 1º de Agosto, Desportivo da Huíla, Interclube e Kabuscorp do Palanca, Wilson Eduardo, do Sporting de Braga (Portugal) e Geraldo, Al Ahly (Egipto) são os primeiros futebolistas que jogam no exterior a juntarem-se aos restantes companheiros.
O avançado do Braga está em Luanda, há duas semanas, onde acompanhou as exéquias do seu pai, enquanto o dianteiro do Al Ahly foi dispensado mais cedo pelo seu clube para tratar do passaporte.
Hoje são aguardados Eddie Afonso, Herenilson, Vá, Wilson, Mira e Tó Carneiro, todos do Petro, equipa que ontem à noite jogou em Nairobi, a última jornada da fase de grupos da Taça Nelson Mandela.
Aguardados são também Buatu Jonathan, do Rio Ave FC, Freddy (Antalyaspor), Djalma Campos (Alanyaspor), Stelvio da Cruz (F 91 Dudelange), Bastos Quissanga (Lazio) e Igor Vetokele (Charlton FC).
Amanhã, às 18h30, no mesmo recinto, os jogadores voltam a ensaiar os mesmos esquemas tácticos, para aprimorar o entrosamento e melhorar a eficácia das acções ofensivas.
Para quarta-feira, às 9h00, Srdan Vasiljevic agendou uma sessão de treino ligeira, no Estádio da Cidadela, onde dará primazia a correcção de alguns detalhes de jogo. No mesmo dia a equipa segue para Francistown.

Avançado Chico feliz com a convocatória

Chico, 27 anos, avançado do FC Bravos do Maquis, mostrou-se satisfeito com a chamada aos Palancas Negras.
"Sou mais um que fui chamado para ajudar a Selecção Nacional de Honras de Futebol a garantir a qualificação para a fase final do CAN. Com a minha convocatória, vou procurar trabalhar mais e para merecer a confiança do treinador", disse o dianteiro visivelmente animado. Para o atleta, é sempre uma honra figurar na convocatória do técnico Srdan Vasiljevic.
"Quando somos convocados é para poder representar com dignidade a Selecção Nacional. É o reconhecimento do trabalho que tenho feito no clube e das exibições no Girabola. Estando no grupo venho procurar elevar o meu estado emocional e de espírito", destacou o atacante.
Chico, que lidera a lista dos melhores marcadores do Girabola'2018/2019, com 11 golos, despontou em 2011, na equipa sénior do Progresso Sambizanga, com a qual disputou o Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão.
Desde aquela data até a data presente o dianteiro realizou já 105 jogos e apontou 28 golos no Girabola.
Na carreira, de oito anos Chico tem passagens pelo Progresso nas épocas 2011/2013, Recreativo do Libolo (2014/2015), Interclube (2016/2017), ASA (2017) e FC Bravos do Maquis (2018/2019).

Tempo

Multimédia