Desporto

Vasiljevic faz últimos acertos nos Palancas

António de Brito |

Com alguns aspectos a serem retocados, os Palancas Negras realizam hoje às 16h00, no Estádio Nacional da Cidadela, o 18º treino em 15 dias de preparação, tendo em vista a disputa da 5ª edição do Campeonato Africano das Nações (CHAN), a decorrer de 13 do corrente a 4 de Fevereiro, no Reino do Marrocos.

Seleccionador nacional está confiante na capacidade competitiva dos convocados
Fotografia: Paulo Mulaza | Edições Novembro

Na única sessão agendada para o dia, depois dos habituais exercícios de aquecimento e corridas ligeiras à volta do campo, o técnico sérvio Srdjan Vasiljevic vai dedicar parte do treino à melhoria dos aspectos tácticos, porque sente que o grupo ainda não atingiu a forma desportiva ideal, com vista o alcance dos objectivos traçados para a prova continental.
Durante o jogo treino de sábado frente ao Domant do Bengo, apesar da vitória (3-0), os comandados de Vasiljevic apresentaram algumas insuficiências, sobretudo na recuperação defensiva e na construção dos processos ofensivos. A circulação da bola e a movimentação dos jogadores são feitas a grande velocidade. Não pode durar mais de 12 segundos.
Em declarações ao Jornal de Angola, Love Cabungula, treinador-adjunto da Selecção Nacional, reconheceu insuficiências e garantiu que vão ser ultrapassadas antes do início da competição africana: "Vamos continuar a trabalhar. Ainda temos muitas coisas por consolidar. O tempo é o melhor remédio para termos a Selecção em forma no CHAN".
Antes da viagem para o palco da prova, os Palancas Negras podem realizar um segundo jogo de controlo, a fim de ter a máquina oleada para o torneio.
"Existe esta possibilidade. Penso que será benéfico, já que os atletas vão poder melhorar a sua performance desportiva", explicou Love, antigo avançado da equipa nacional e goleador do Girabola.
Regresso das festas
Ontem, no regresso ao trabalho, depois da folga para o Ano Novo, os jogadores apareceram muito bem dispostos, no Estádio Nacional da Cidadela. Srdjan Vasiljevic incidiu a preparação da equipa na recuperação física dos atletas .
A culminar a sessão de treino, o timoneiro do combinado angolano realizou o habitual jogo em campo reduzido, com o propósito de fazer a avaliação individual e colectiva dos jogadores, após a dispensa de dois dias.
Inicialmente previsto para sexta-feira, Vasiljevic anuncia hoje à tade os 23 jogadores que vão disputar o CHAN, em conferência de imprensa. A viagem para Marrocos acontece no sábado ou no domingo, em voo de carreira.
Às ordens do 32º treinador da história dos Palancas Negras, trabalham Landu, Jotabé e Rui (guarda-redes), Nari, Mira, Wilson, Tó Carneiro, Lito, Medá, Adilson e Depaizo (defesas), Celson Barros, Paty, Mano Calesso, Almeida, Manguxi, Chiló e Herenilson (médios), Fofó, Vá, Moco, Adó Pena, Bugos, Job e Kaporal (avançados).
Integrada no Grupo D, Angola estreia-se no dia 16 diante do Burkina Faso, às 18h30, no Estádio Adrar, em Agadir. Depois defronta, no dia 20, os Camarões, e a 24 joga com o Congo Brazzaville, no fecho da fase preliminar da prova reservada aos futebolistas africanos que actuam nos respectivos países.

Tempo

Multimédia