Desporto

Zidane fez sacrifícios para ser conhecido

O treinador do Real Madrid, Zinedine Zidane, concedeu, ontem, uma entrevista ao OTRO, onde revelou alguns dos sacrifícios que teve de fazer no passado para ser, actualmente, um dos nomes mais conhecidos do futebol internacional.

Treinador do Real Madrid fez revelações numa entrevista
Fotografia: DR

“O meu único desejo era jogar futebol, mas tive algumas dificuldades na escola, não tinha a atitude ideal. Mas um dia, os meus pais disseram-me: 'Sabemos que tens um objectivo em mente, por isso, luta por ele'. E assim foi”, começou por referir, em declarações reproduzidas pela Marca.
O antigo internacional francês, de 46 anos, revelou que se cuidou ao máximo para ser possível chegar onde chegou: “Descansei bem, não fiz figura de idiota nos bares, só bebia água e treinava muito. Se queria tornar-me no melhor jogador possível, tinha que fazer todos os sacrifícios e era assim que eu fazia os meus pais felizes e orgulhosos”.
No final, Zidane deixou claro que, antigamente, brilhar no mundo do futebol era “mais difícil” do que hoje.
“Para repararem em ti, tinhas de ser mesmo bom. Era mais difícil do que hoje. Primeiro, tinhas de mostrar que eras diferente de todos, porque havia um número limitado de jogadores e, talvez, apenas só um jovem por equipa. Hoje em dia, é tudo mais evoluído e os jogadores têm menos medo de errar”, rematou.

Tempo

Multimédia