Desporto

Gildo garante vitória militar no clássico

Armindo Pereira

Com um triplo do base Hermenegildo Santos, a cinco segundos do apito final, o 1º de Agosto derrotou ontem o Petro de Luanda, por 76-74, no Pavilhão Victorino Cunha, no jogo de cartaz na abertura da  ronda inaugural da terceira volta da fase regular do Campeonato Nacional de basquetebol sénior masculino.

Fotografia: Angop

Os minutos iniciais foram marcados por ataques desperdiçados por ambos os lados. Coube ao extremo José António inaugurar o marcador para os petrolíferos, com dois lançamentos exteriores consecutivos. A resposta dos rubro e negros veio por intermédio de Edson Ndoniema.
Até meio do quarto inaugural, os dois jogadores foram os principais protagonistas das respectivas equipas, curiosamente, com arremessos de três pontos. O Petro de Luanda venceu, por 22-19, o primeiro quarto, e foi para o intervalo maior com a vantagem de 42-30.
A entrada de Leonel Paulo deu mais consistência aos pupilos de Lazare Adingono, que conseguiram dilatar a vantagem acima dos dois dígitos, com lançamentos de três pontos, enquanto Paulo Macedo rodava o banco de suplentes, para encontrar a “fórmula” ideal para travar o ímpeto ofensivo do adversário.
O quarto e último, foi o mais electrizante com paradas e respostas de ambas as partes e alternâncias no marcador. A 30 segundos do final, o jogo estava empatado a 73 pontos. Um triplo do base Hermenegildo Santos determinou a vitória da equipa militar, por 76-74.
Com a terceira vitória na presente  época sobre os tricolores, o 1º de Agosto consolidou a primeira posição no Campeonato Nacional com 33 pontos, mais dois do que o arqui-rival.

Tempo

Multimédia