Desporto

Guerreiros tentam manter invencibilidade

Teresa Luís

A Selecção Nacional sénior masculina de andebol procura somar, hoje às 16h00, mais um triunfo na 23ª edição do Campeonato Africano das Nações (CAN), com palco em Libreville, capital do Gabão, quando defrontar  a similar do Marrocos, em partida referente à terceira jornada do Grupo B.

Selecção Nacional hoje mede forças com Marrocos
Fotografia: Vigas da Purificação | EDIÇÕES NOVEMBRO

Em caso de vitória sobre o conjunto marroquino, os Guerreiros somam seis pontos e assumem a liderança da série. No CAN de 2016, Angola derrotou Marrocos( 22-21) e em 2014 (29-23). Os resultados atestam o favoritismo do "sete" nacional, mas ainda assim o grupo vai entrar com cautelas para evitar surpresas.
Apesar do histórico ser favorável aos Guerreiros, Filipe Cruz e pupilos vão aproveitar o treino desta manhã para corrigir algumas falhas, de modo a fazerem uma partida impecável. Ataque posicional, exploração da primeira e segunda linhas e boa leitura do jogo é o que se recomenda à selecção.
Na jornada passada, os marroquinos perderam com o Egipto por 28-33, pelo que planeiam uma postura diferente no desafio de hoje. Se perderem a concentração, o nervosismo pode frustrar os propósitos dos magrebinos.
A ronda reserva ainda os seguintes jogos: Congo De­mocrático-Nigéria para o Grupo B e  Gabão-Tunísia e Congo Brazzaville-Argélia no A. Egipto e Camarões cumprem folga. Amanhã regista-se repouso geral no Campeonato Africano.
Ontem, o "sete" nacional derrotou o Congo Democrático, por 28-23, com o parcial de 13-8 ao intervalo. Apesar do equilíbrio registado na primeira parte, os comandados de Filipe Cruz impediram que a selecção contrária se agigantasse e virasse o marcador a seu favor. Com muita paciência, Angola  soube aproveitar as debilidades do Congo Democrático.
No segundo tempo, congoleses e angolanos entraram mais cuidadosos quer ataque, quer na defesa. As duas selecções marcaram cada 15 golos. Adelino Pestana  e Rome Hebo foram as unidades mais produtivas cada com sete golos. A segunda jornada inscreveu ainda as partidas: Nigéria- Egipto, Argélia-Gabão e Camarões-Tunísia.   

Tempo

Multimédia