Desporto

Imprensa desportiva de África está reunida

A imprensa desportiva africana (AIPS África) está reunida em Congresso desde ontem, na capital queniana, Nairobi, para renovação de mandatos do seu Comité Executivo, no quadriénio 2018-2022.

Mitchell Obi concorre sozinho à presidência da Associação
Fotografia: AFP

Angola, membro de pleno direito da Associação Internacional de Imprensa Desportiva (AIPS), é um dos 45 países presentes no encontro da organização.
O nigeriano Mitchell Obi, presidente cessante da AIPS, concorre sozinho. Morad Moutaouakkil (Marrocos) e Amadou Diallo (Guiné Conacri) concorrem para a primeira vice-presidência. Kabulo Kabulo (RD Congo), Abdoulaye Thiam (Senegal), Fèlix Peperipé (Benin), Yonas Getaneh (Etíopia), Mufti Saeed (Sudão) e anfitrião Chris Mbaisi disputam as duas vagas para a segunda vice-presidência.
Gustave (Camarões) e William Ezah (Gana) apresentaram candidatura ao cargo de secretário-geral, enquanto o angolano António Ferreira Gonçalves, por razões de saúde, retirou a sua candidatura ao cargo de secretário-geral-adjunto, substituído na lista concorrente, por indicação do Comité Executivo, pelo nigerino Mohamed Ganoua.
O Comité Executivo da AIPS África recomendou à Assembleia-Geral a alteração da sua nomenclatura, para permitir a introdução das figuras dos secretários-gerais adjuntos para Administração e Finanças e Formação, Comunicação e Marketing.

Cobertura de provas

O Congresso reúne cerca de uma centena de delegados e convidados que durante quatro dias vão abordar o estado da organização, a formação de jornalistas desportivos, jovens repórteres, a concessão de bolsas de estudo, estágios e o velho problema da acreditação dos profissionais da classe, nos eventos mais mediáticos, casos do Mundial de Futebol e Jogos Olímpicos.
Nesse particular, o Comité Executivo decidiu renovar os protocolos de cooperação com o COI, FIFA e CAF.

Tempo

Multimédia