Desporto

Imprensa está reunida em congresso na Suíça

A imprensa desportiva mundial está reunida desde ontem,na  cidade de Lausanne, Suíça, no 82º  Congresso da Associação Internacional de Imprensa Desportiva (AIPS), cuja cerimónia de abertura contou com as presenças de Thomas Bach, presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), e do secretário-geral adjunto da Federação Internacional de Futebol (FIFA), Zvonimir Boban.

Fotografia: DR

A Associação de Imprensa Desportiva de Angola (AIDA), membro de pleno direito da instituição, é um dos cento e cinquenta países presentes no conclave da organização. Está representada pelo presidente de direcção e o secretário-geral, respectivamente, os jornalistas António Ferreira e Silva Candembo.
O congresso, que encerra a 24 deste mês e reúne mais de 300 delegados, durante três dias passa em revista o estado da profissão, a liberdade de imprensa, o desporto e a imigração, a investigação no desporto, a acreditação dos jornalistas nos Campeonatos do Mundo e Jogos Olímpicos, assim como o VAR no Mundial de futebol de 2018.
O painel “Jornalismo investigativo: a chave do futuro” dominou o primeiro dia de trabalhos do congresso, tema que face ao elevado número de inscrições obrigou a organização a restringir as intervenções, a uma por continente. O acesso às fontes e direitos de transmissão de rádio e televisão fazem parte do programa de debates do dia.
A questão financeira marcou o primeiro dia, predominando o pagamento da quotização e das carteiras internacionais, o que deverá impedir que a maior parte dos países africanos exerçam o seu direito de voto, devido às dívidas para com a organização. Nesse particular, a República de Angola é dos poucos países com quotas em dia e pagas até 2022.
Antes da abertura oficial do congresso, as secções continentais da AIPS estiveram reunidas, e no período da tarde os delegados visitaram o Museu Olímpico e os locais que acolhem os Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno, em 2020.

Tempo

Multimédia