Desporto

Irving afasta hipótese de falar com colega

Kyrie Irving que foi manchete de vários jornais por ter trocado os Cleveland Cavaliers pelos Boston Celtics, comentou esta semana num programa da ESPN que não tem motivos para falar com LeBron James, o seu antigo colega de equipa.

Dupla foi desfeita no final da época por força dos objectivos
Fotografia: Gregory Shamus | AFP-Getty Images North America

Está cada vez mais claro que no final de três temporadas a jogarem lado a lado a relação entre James e Irving entrou numa fase de deterioração e não parece ter mais volta a dar.
Os motivos que levaram Irving a trocar os Cavs foram a procura por um mercado mais apetecível e possibilidade de se tornar uma grande referência numa equipa.
A grande polémica na entrevista feita pela ESPN foi quando Kyrie mostrou não ter interesse algum em falar com LeBron: “Não, por que haveria de falar com ele?”, respondeu o jogador que também admitiu que se acha bastante capaz de vencer tudo sem os Cavaliers e James.
Irving explicou aos comentadores que o seu objectivo não é ser o número 1 numa equipa, mas sim deixar um legado enquanto jogador, tendo um estilo de jogo no qual acredite: “Eu quero ser o que sempre imaginei ser, um base completo numa óptima equipa. Eu quero conseguir desbloquear-me e dissecar a defesa rival. Eu não sou o tipo de jogador que joga sempre um para um, essa não é a forma de basquetebol que mais valorizo”.

Tempo

Multimédia