Desporto

Ivo Traça assume favoritismo na eliminatória

António de Brito | Zvishavane

O técnico- adjunto do 1.º de Agosto, Ivo Traça, assumiu, na conferência de imprensa, o compromisso de vencer e passar a eliminatória. Traça reconhece que o jogo se afigura difícil, porque o Platinum actua em casa e vai procurar virar a desvantagem.

Fotografia: José Soares |Edições Novembro

"Este é o principal objectivo. Nós estamos em vantagem no desafio. Vencemos o adversário, por 3-0, em Luanda. Sabemos que a eliminatória não está ganha. Vamos jogar com uma equipa experiente e bastante esclarecida", reconheceu o porta-voz da equipa técnica.

Depois do fracasso em 2017, o 1.º de Agosto aposta em marcar presença no restrito grupo das oito equipas apuradas para a prova continental. 

"Queremos fazer melhor que no ano passado, onde fomos eliminados de forma prematura frente ao Kampala City do Uganda. Estamos confiantes que iremos passar a eliminatória com muito sacrifício".

Quanto ao campeão zimbabueano, Ivo Traça adiantou que admira a forma de jogar do Platinum, sublinhando que tem uma capacidade de mudar constantemente de estratégia. "É uma boa equipa. Tem jogadores acima da média. Sabe jogar a bola e admiro a forma como alteram os sistemas de jogo. Temos de ser realistas em passar a mensagem às pessoas”, disse.

"A atitude pode ser outro adversário. Trabalhámos a contar com estas contingências. Vamos jogar ao ataque, sem descurar obviamente a defesa", concluiu. Por parte do FC Platinum, Patrick Mandirha, treinador-adjunto de Norman Mapeza, afirmou que o objectivo diante do 1.º de Agosto passa pela qualificação. 

"Estamos em desvantagem na eliminatória. Não temos outra hipótese a não ser vencer o jogo com números convincentes, para estarmos na outra fase da competição. Conhecemos os pontos fortes e fracos da equipa angolana. É possível virar o resultado. O moral do grupo é alto e contámos com o apoio da nossa massa associativa."   

No jogo da primeira mão, disputado no dia 11 deste mês, no Estádio Nacional 11 de Novembro, o 1º de Agosto venceu por 3-0, resultado que pretende ampliar ou manter, para garantir a continuidade na competição, visando atingir a fase de grupos, meta principal  estabelecida pela direcção do clube, que sonha regressar aos tempos de glória no continente africano, depois de longa ausência  da etapa crucial da prova.

 

Tempo

Multimédia