Desporto

Janny Sikazwe é motivo de temores para argelinos

António Cristóvão

A Confederação de Futebol Africana (CAF) nomeou o árbitro da Zâmbia, Janny Sikazwe, 40 anos, para apitar hoje, às 18h00, o desafio entre Senegal e Argélia no Estádio 30 de Junho, no Cairo, para a segunda jornada do Grupo C do CAN, que decorre no Egipto até 19 de Julho.

Juiz entra hoje em acção
Fotografia: M. Machangongo |Edições Novembro

O zambiano, que havia sido suspenso temporariamente pela CAF no início da época passada por suspeita de corrupção, continua a ser muito contestado. 

Sikazwe, que faz dupla internacional com o assistente angolano, Jerson Emiliano dos Santos, foi tendencioso durante o jogo entre Esperance de Tunis e 1º de Agosto disputado no Estádio Olímpico, em Ràdes, para a segunda mão das meias-finais da Liga dos Clubes Campeões.
Os argelinos também têm péssimas recordações do juiz zambiano, já que o mesmo recebeu duas advertências da CAF após a partida contra o Burkina Faso, nas eliminatórias de qualificação para o mundial disputado no Brasil, em 2014.
A suspensão do juiz zambiano durou dois meses. No desafio desta noite, Sikazwe vai ter como assistentes Waleed Ahmed Ali (Sudão), e Tesfagioghis Berhe (Eritreia), ao passo que Albert Camille (Ilhas das Seychelles) é o quarto juiz.

Tempo

Multimédia