Desporto

Jerson Emiliano chega hoje à Rússia

Com a missão de prestigiar o país e a arbitragem africana, Jerson Emiliano, árbitro assistente angolano, desembarca hoje na Rússia, palco da 21ª edição do Campeonato do Mundo de Futebol, a disputar-se de 14 do corrente a 15 de Julho.

Árbitro assistente ambiciona apitar a final da prova
Fotografia: Edições Novembro


De 34 anos de idade, Jerson Emiliano integra a lista restrita de 16 árbitros africanos, sendo seis principais e 10 assistentes. A dois dias do arranque da competição, o Comité Organizador vai anunciar os jogos que as equipas de arbitragem vão dirigir.
Em declarações ao Jornal de Angola, Jerson Emiliano disse que está pronto para fazer um excelente trabalho durante o Campeonato do Mundo. "O objectivo fundamental passa por fazer um bom jogo na estreia. Estou feliz por constar dos árbitros assistentes. Darei o meu melhor em prol deste grandioso país", afirmou, acrescentando que a preparação decorreu sem sobressaltos, na província da Huíla.
Natural da Huíla, Jerson Emiliano é o segundo assistente angolano a apitar o Mundial de futebol, depois de Inácio Cândido, na prova disputada na África do Sul, em 2010.
Na Rússia, Jerson Emiliano vai trabalhar em regime concentrado, preparação física e seminários de actuação.
Jerson Emiliano abraçou a arbitragem em 2004, para cinco anos depois surgir como árbitro assistente. Tem uma invejável folha de serviço. Além de participar em vários campeonatos africanos, foi árbitro assistente em dois mundiais de Sub-17 e Sub-20.
O jovem árbitro esteve nos Jogos Olímpicos. Na Rússia estarão 33 árbitros principais e 63 assistentes, provenientes de 46 países.

Tempo

Multimédia