Desporto

Job falha desafio com a Mauritânia

António Cristóvão

Acometido com paludismo, o médio ofensivo Job, do Petro de Luanda, foi dispensado pelo seleccionador Srdjan Vasiljevic, dos trabalhos da Selecção Nacional de Futebol de Honras, que prepara o desafio frente à Mauritânia, dia 12 de Outubro, às 16h00, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda, referente ao Grupo I da campanha de apuramento à fase final da 32ª edição da Taça de África das Nações (CAN), em 2019 nos Camarões.

Jogador está com paludismo, razão pela qual foi dispensado
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

Job falhou a sessão de treino de sexta-feira por lhe ter sido diagnosticada  a doença,  após a realização de exames médicos no Centro Nacional de Medicina do Desporto, no Complexo da Cidadela. O fantasista junta-se assim ao guarda-redes Gerson Barros, também dispensado por estar a recuperar de uma lesão no ombro esquerdo.
Segundo membros da equipa técnica, os jogadores devem falhar os dois embates frente aos Les Mourabitounes (designação da selecção da Mauritânia), devido à falta de condição física para os encontros em Luanda e na cidade de Nouakchott, dia 16 de Outubro.
Os Palancas Negras voltam a treinar hoje e amanhã, às 15h30, no Estádio Nacional da Cidadela, para aprimorar detalhes do jogo. No sábado à tarde, a equipa técnica dispensa os jogadores para visitarem os familiares e regressarem à noite ao local de concentração no Hotel Samba.
Ontem à tarde, na Cidadela, Srdjan Vasiljevic voltou a insistir na melhoria da eficácia dos avançados.
Ndulo, 22 anos, guarda-redes da Académica do Lobito, garantiu ontem à imprensa que os atletas da Selecção Nacional estão com o moral alto."O grupo está coeso. A interacção com os meus companheiros tem sido óptima", disse. O guarda-redes retornou à Selecção Nacional para ocupar a vaga deixada por Gerson Barros.
Os Palancas Negras, que iniciaram o treino com 14 jogadores no princípio da semana na Cidadela contam desde terça-feira com a integração do guarda-redes Nsesani e do médio Zito, ambos Sub-20 do 1º de Agosto, e do meio-campista Megue (Sub-20 do Progresso Sambizanga).
Com a integração dos três futebolistas, Srdjan Vasiljevic está a trabalhar com 16 atletas, maioritariamente jogadores da Selecção Nacional Sub-20.
O grupo fica completo no próximo dia 8 de Outubro com a integração dos atletas do 1º de Agosto (que preparam o desafio com o Esperance de Tunis para a Liga dos Clubes Campeões Africanos) e os que jogam no exterior do país.

Tempo

Multimédia