Desporto

Jorge de Abreu renova mandato na presidência do Ferroviário

Silva Cacuti

Uma única lista, que mantém Jorge de Abreu na presidência, vai a sufrágio, Domingo, no salão nobre do clube, durante a Assembleia-geral ordinária convocada por Celso Rosas, presidente da Mesa da Assembleia-geral do Ferroviário de Angola.

Clube centenário ambiciona regressar às competições de seniores durante o ciclo olímpico
Fotografia: DR

Antes do acto eleitoral, segundo nota daquele emblema, os associados vão proceder à aprovação do relatório de actividades e contas de 2019. Jorge de Abreu reúne consenso dos associados, segundo Pina de Almeida, secretário - geral, por ter cumprido em 70 por cento as tarefas constantes do programa eleitoral.

“No tocante à formação tivemos um técnico do futebol que se formou no Brasil; dois do basquetebol que fizeram formação em Portugal; e três dos nossos atletas estão a fazer formação superior na Universidade Lusíada”. Neste mandato, acrescentou, a direcção vai apostar na conclusão das tarefas do primeiro, como a reabilitação completa das instalações do clube. 

A aposta na aquisição de um terreno ou recuperação do antigo campo de futebol, retirado pelo Ministério dos Transportes num processo pouco claro. O surgimento de uma equipa sénior nos campeonatos provinciais, seja de basquetebol ou andebol, está também inscrito como prioridade para o novo mandato.

Segundo apuramos, no primeiro mandato de Jorge Abreu regularizou a dívida do clube com a Segurança Social. “Temos devedores, mas não temos dívidas com ninguém”, comentou Pina de Almeida.

Tempo

Multimédia