Desporto

José António e Júlio Clever estreiam na quarta janela

Anaximandro Magalhães

Os extremos José António e Júlio Clever Afonso estão próximos de estrearem pela Selecção Nacional sénior masculina de basquetebol, que já se encontra na cidade de Tunis, Tunísia, onde a partir de sexta-feira até domingo disputa a quarta Janela do Torneio Africano de Apuramento para a 18ª edição do Campeonato do Mundo, a decorrer de 31 de Agosto a 15 de Setembro do próximo ano, na China.

Angola é terceira classificada com 10 pontos no Grupo E da prova selectiva ao Mundial
Fotografia: Agostinho Narciso | Edições Novembro

Os extremos José António e Júlio Clever Afonso estão a 24 horas de se estrearem pela Selecção Nacional sénior masculina de basquetebol, que já se encontra na cidade de Tunes, Tunísia, onde de amanhã até domingo dispu-ta a quarta Janela do Torneio Africano de Apuramento para a 18ª edição do Campeonato do Mundo, a decorrer de 31 de Agosto a 15 de Setembro do próximo ano, na China.
José António (Petro de Luanda), Júlio Clever (Baloncesto Tizona de Espanha) e Mohamed Malick Cissé (1º de Agosto) vão jogar pela primeira vez a janela FIBA. Depois de ter jogado nos torneios chineses, em Agosto e no início deste mês, Cissé volta a merecer a confiança do seleccionador nacional, William Bryant Voigt.
De fora, por opção técnica, ficaram Mutau Fonseca, poste, e Egídio Ventura, extremo base. Por lesão no joelho es-querdo foi afastado o extremo Edson Ndoniema.
Hoje, no palco da competição, a equipa técnica dá sequência aos trabalhos de aprimoramento do jogo ofensivo e defensivo, ataques cinco contra cinco, defesa aguerrida homem a homem e à zona, melhoria da técnica individual, lançamentos de lances livres, de dois e três pontos, de modo a melhorarem o percentual.
Terça-feira, no encerramento do ciclo preparatório em Espanha, os hendecacampeões perderam por 75-90, frente ao Partizan de Belgrado da Sérvia. Nos quatro jogos amistosos, Angola ganhou apenas um, por 72-68, à formação espanhola do Lleida.
As outras derrotas foram por 67-95, ante ao Barcelona, e 61-77, diante do Baskonia.         
O “cinco” nacional marcou no total 275 pontos, 68,7 de média por encontro. Defensivamente, o combinado angolano sofreu 330 pontos, 82,5 por partida.
Angola integra o Grupo E do Torneio Africano, onde é terceira classificada com 10 pontos, os mesmos dos Camarões. A série é liderada pela Tunísia, com 12. Egipto e Marrocos, ambas com nove, e Tchad, último com oito, são as outras selecções.
No Grupo F, também para a corrida ao Mundial, estão Nigéria, líder com 12 pontos, Senegal, 11, República Centro Africana e Ruanda, nove, Costa do Marfim e Mali, oito.
Gerson Domingos, Leandro Conceição, Pedro Bastos, Carlos Morais, José António, Júlio Afonso, Malick Cissé, Leonel Paulo, Reggie Moore, John Pedro, Hermenegildo Mbunga e Yannick Moreira.

Tempo

Multimédia