Desporto

Jupp Heynckes reassume comando

Jupp Heynckes está de regresso ao activo para treinar o Bayern de Munique.

Treinador deixou a reforma para assumir a vaga aberta pela saída de Carlo Ancelotti
Fotografia: CHRISTOF STACHE | AFP


O técnico alemão deixou a reforma para assumir a vaga aberta pela saída de Carlo Ancelotti. “Não teria voltado, por outro clube do mundo”, disse. Em declarações ao “site” oficial da equipa bávara, Jupp Heynckes foi muito sucinto e explicou que saiu da reformar porque “o Bayern está no coração”. Esta é a quarta vez (uma delas de forma interina) que o técnico, campeão europeu pelos bávaros e Real Madrid, assume o comando técnico do gigante da Baviera.
“Eu e a minha equipa técnica vamos fazer tudo para trazer de volta um futebol de sucesso para os adeptos. Estou ansioso por este desafio.”  Na mesma publicação da gremiação, o CEO do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge reconheceu que “há uma grande e mútua confiança” entre o veterano treinador e o clube. “Isso ficou demonstrado nas conversações que Uli Hoeness, Hasan Salihamidzic e eu próprio tivemos com ele”, frisou o dirigente.
“Estamos muito contentes pelo facto de Heynckes ter aceitado ser treinador principal. É o homem ideal para o Bayern neste momento”, argumentou.

Tempo

Multimédia