Desporto

Leonel Paulo e Teotónio Dó desfalcam grupo de trabalho

Anaximandro Magalhães |

O extremo-poste Leonel Paulo e o poste Teotónio Dó, ambos lesionados no joelho direito, são os dois casos clínicos mais preocupantes na Selecção Nacional sénior masculina de basquetebol, que prepara a disputa do Torneio Africano de Qualificação para o Campeonato do Mundo, cuja primeira-mão é jogada de 24 a 26 do corrente, em Luanda, no Pavilhão Multiusos Arena do Kilamba.

Joelho tira extremo-poste do Petro de Luanda da defesa da Selecção Nacional no apuramento
Fotografia: Miquéias Machangongo | Edições Novembro

Leonel, 1,93 metros, e Teotónio, 2,04 metros, não se treinaram ontem com os restantes companheiros. No período da tarde, o extremo-poste foi submetido, na clínica da Endiama, a ressonância magnética para aferir a extensão e gravidade da lesão.
“Felizmente já não sinto tanta dor como na quinta-feira, dia em que me lesionei. Consigo flectir o joelho, mas não a noventa graus. Por precaução e recomendação do seleccionador não treinei, espero fazê-lo hoje ainda que de forma condicionada”, explicou em declarações ao Jornal de Angola, Leonel Paulo.
Depois de tantas contrariedades, o seleccionador nacional, William Voigt, pode respeitar de alívio com a integração, na sessão de ontem, do extremo-base Leandro Conceição. Afastado devido a problemas intestinais, que o apoquentam há mais de 7 dias, o jogador, estreado este ano num Campeonato Africano das Nações, Afrobasket, regressou ao trabalho antes da data prevista, pois tinha repouso médico de cinco dias.
Antecipada a reintegração prevista para a próxima semana, Voigt vê chegar uma alternativa para rivalizar com o único base de raiz disponível no “cinco” nacional, Gerson Domingos.
Hoje, novamente em treino duplo, manhã e tarde, os hendecacampeões exercitam a componente física. No aprumo vespertino, os atletas vão trabalhar na sistematização dos pormenores tácticos, assim como na melhoria da técnica individual.
Na primeira jornada, Angola defronta a similar do Marrocos. O Egipto é o adversário na segunda ronda (dia 25) e o Congo Democrático (26), no fecho do primeiro turno, da prova qualificativa para o mundial, a decorrer de 31 de Agosto a 15 de Setembro de 2019, na China.
Eis os jogadores que trabalham às ordens de William Voigt, Gerson Domingos (base). Edson Ndoniema, Edmir Lucas, Gerson Gonçalves “Lukeny”, Olímpio Cipriano e Roberto Fortes e Leandro Conceição (extremos). Islando Manuel, Leonel Paulo, Reggie Moore, Fidel Capita e Alexandre Jungo (extremo-postes). Eduardo Mingas, Teotónio Dó, Miguel Kiala (postes). Ausente continua o extremo Carlos Morais, do Sport Lisboa e Benfica, com chegada prevista para domingo.
De fora, por lesão num dos ombros, está o poste Felizardo Ambrósio “Miller”, 2,02 metros. Quarta-feira, o chefe de departamento para o basquetebol do 1º de Agosto, Carlos Antunes, fez chegar aos dirigentes da federação o relatório médico a dar conta da indisponibilidade do atleta.

Tempo

Multimédia