Desporto

Livro incentiva atletas a terem cultura jurídica

Armindo Pereira

Os desportistas angolanos passam a contar com o auxílio de uma obra científica, para acautelar a condição social precária no pós-carreira, de-pois do lançamento do livro intitulado “Segurança Social, Fundos de Pensões e Seguros para Desportistas”, de autoria dos advogados David Kinjika e Egas Viegas.

Obra ajuda desportistas a acautelarem a vida após a carreira
Fotografia: Santos Pedro | Edições Novembro

A constatação foi feita por Carlos Almeida, secretário de Estado para os Desportos, após a cerimónia oficial de lançamento, quarta-feira, na Escola Nacional de Administração (ENAD), em Luanda. O objectivo primordial dos autores é o de incentivar a cultura jurídica no seio da classe desportiva angolana.
“Os desportistas podem encontrar muitas respostas, no sentido de darem uma direcção oposta às suas vidas àquela que temos assistido após o termo da carreira. É também importante realçar que, este não é um problema exclusivo dos fazedores desta prática, mas de toda a sociedade. Somos todos chamados a contribuir,  e dar resposta a esta situação”, analisou Carlos Almeida.
O antigo internacional an-golano disse tratar-se de uma obra com alguma profundidade, para matérias que têm servido de reflexão, nos últimos anos. “Há necessidade de fazer-se uma leitura minuciosa, para poder perceber na essência a ideia dos autores. As matérias cientificas servem de estudo e o Ministério da Ju-
ventude e Desportos vai aprofundar”, revelou.
Para maior divulgação da obra, David Kinjika e Egas Viegas pretendem  promover palestras em clubes, federações, institutos médios, universidades e outras instituições ligadas ao desporto. Comercializado, a cinco mil Kwanzas, o livro de 143 páginas foi produzido pela editora Where Angola, e tem uma tiragem de mil exemplares.

Tempo

Multimédia