Desporto

Malanje acolhe curso para técnicos de nível I

Um curso para a formação de treinadores de nível I de basquetebol em cadeiras de rodas realiza-se, de 1 a 5 de Julho, no Pavilhão Palanca Negra Gigante, na cidade de Malanje, com a participação de 32 candidatos e técnicos de 14 das 18 províncias do país.

Disciplina pode crescer com entrada de novos treinadores
Fotografia: M.MACHANGONGO | EDIÇÔES NOVEMBRO

António da Luz, secretário-geral do Comité Paralímpico Angolano (CPA), que avançou ontem a informação ao Jornal de Angola, disse que a formação vai ser orientada pelos prelectores Charles Foster e Malcolm Bruce Lean, ambos sul-africanos, e os angolanos Moniz Marques (seleccionador nacional) e Paula Vunge (classificadora).
O CPA aguarda pelo programa do curso dos sul-africanos, que chegam no final do mês a Luanda, seguindo depois para o local da acção formativa.
Moniz Marques vai dissertar dos fundamentos de basquetebol em cadeiras de rodas (aspectos técnicos e tácticos), e Paula Vunge sobre a classificação funcional dos atletas.
Lino Chimuco, coordenador para o basquetebol do CPA, também vai falar da importância dos cartões dos atletas, inscrições (provisória e definitiva), funcionamento dos núcleos, e como solicitar uma transferência de jogador.
Luanda vai participar com seis técnicos, seguida pela província de Malanje (cinco candidatos), Benguela, Bié, Cabinda, Cuanza-Norte, Cuanza-Sul, Huíla, Moxico e Namibe com dois. As Lundas Norte e Sul participam com um. O CPA aguarda a inscrição de dois representantes do Cuando Cubango.

Tempo

Multimédia