Desporto

Marinheiras e militares centralizam atenções

Teresa Luís

Desportivo da Marinha e 1.º de Agosto centralizam hoje às 18h00, as atenções da se-gunda jornada do Campeonato Provincial de Luanda em andebol sénior feminino, partida marcada para o campo do ex-RI-20.

A jogarem na condição de anfitriãs, as marinheiras re-conhecem a superioridade das adversárias, mas planeiam explorar as fragilidades, de modo a equilibrarem os números. Após o jogo treino realizado pelas oponentes, João Diogo e pupilas têm gizadas estratégias para frustrar os propósitos das campeãs nacionais.
Ruth Francisco, Patrícia Neto, Vera Kiala e Cristina Vidal são jogadoras indispensáveis nas acções defensivas e ofensivas da equipa, sem desprimor para as de-mais. As militares às ordens de Morten Soubak são favoritas à vitória. O grupo ambiciona somar os primeiros pontos na prova, após o de-saire frente o Petro (24-28) na ronda inaugural.
Sem a pivô, Albertina Kassoma, as outras jogadoras do mesmo posto, Liliana Venâncio e Dalva Perez vão estar em evidência. Para destabilizar a defesa contrária, o técnico conta com as influentes, Isabel Guialo, Cristiane Muasessa e Wuta Dombaxi.
Na outra partida, o Progresso Sambizanga recebe, às 18h00, em casa a Epal. Após o triunfo diante do ASA (28-26), as pupilas de Ar-mando Ngumbe pretendem  repetir a proeza, enquanto  o conjunto da empresa de águas precisa de ter cautelas, sob pena de averbar  outra derrota volumosa como a sofrida frente ao Desportivo da Marinha (16-36).
Também hoje, às 18h00, o Petro de Luanda joga com o ASA. As petrolíferas estão galvanizadas, ante um adversário teoricamente favorável. Por sua vez, as aviadoras querem redimir-se da derrota anterior. Em masculinos, a jornada fez disputar o Petro - Desportivo da Marinha e Exército-1º de Agosto. O Interclube por imperativo de ca-lendário cumpriu folga.

Tempo

Multimédia