Desporto

Marrocos e Zâmbia lideram estatísticas

Marrocos  e Zâmbia são as selecções que mostraram maior veia goleadora na fase preliminar do CHAN, com sete e seis golos apontados em três jogos. A selecção marroquina aplicou goleadas nas duas primeiras jornadas e na derradeira, já com a qualificação assegurada, empatou sem golos com o Sudão. A Zâmbia marcou nos três desafios, de forma decrescente, sendo dois na primeira jornada, dois na segunda e um na terceira.

Equipa marroquina é a mais concretizadora na fase preliminar da prova que
Fotografia: Cafonline

As duas selecções entram hoje em campo frente às selecções com muito menos produtividade ofensiva. A Namíbia, que defronta Marrocos, marcou três golos, os mesmos do Sudão que mede forças com a Zâmbia.
Se o “poder de fogo” for o elemento para antever os prováveis vencedores, Marrocos e Zâmbia assumiriam o favoritismo, mas Sudão e Namíbia mostraram ter defesas sólidas capazes de contrariar a eficácia demonstradas pelos seus oponentes.
A Nigéria tem quatro tentos marcados, é a terceira em termos de eficácia ofensiva. Das outras equipas presentes nesta fase da prova, o Congo partilha a quarta posição com Namíbia e Sudão, com três. Angola e Líbia, ambas com um, têm os ataques menos eficazes.

Tempo

Multimédia