Desporto

Militares afinam pontaria para a recepção ao Caála

António de Brito

O plantel do 1º de Agosto, tetra-campeão angolano, realiza hoje às 8h30, no Estádio França “N'dalu”, o derradeiro ensaio para o jogo de amanhã frente ao Recreativo da Caála, às 17h00, no Estádio Nacional 11 de No-vembro, de acerto à sexta jornada do Girabola'2019/20, em consequência do engajamento dos “militares” do Rio Seco nas Afrotaças.

1º de Agosto prepara com cuidado o desafio com o Caála
Fotografia: Kindala Manuel | Edições Novembro

Depois do trabalho árduo realizado em cinco dias, o técnico Dragan Jovic aproveita o último treino para corrigir insuficiências e ensaiar os detalhes de jogo a adoptar na recepção ao Caála, com particular ênfase para os aspectos defensivos e ofensivos.
Na parte final da preparação, o bósnio reparte o grupo em dois para efectuar a habitual “peladinha” em campo reduzido, para perceber se os jogadores interiorizaram ou não a mensagem passada.

Regressos aplaudidos

Ausentes por lesão, no dérbi com o Interclube, Kila e Ary Papel entram nas contas de Dragan Jovic para o desafio com a formação do Planalto Central, uma vez que estão totalmente recuperados dos respectivos casos clínicos.
Com os regressos de Kila e Ary Papel, o treinador do 1º de Agosto é obrigado a mexer na equipa. Buá e Nelson da Luz devem ser os sacrificados. Mongo deve manter a titularidade, visto que Zito Luvumbo está ao serviço da Selecção Nacional Sub-17, que estagia no Brasil para o Campeonato do Mundo da categoria.
Em declarações ao Jornal de Angola, Ivo Raimundo Traça, treinador-adjunto do 1º de Agosto, prometeu uma equipa combativa para ga-rantir os três pontos. “ Jogámos em casa, e temos de assumir as nossas responsabilidades. Uma equipa que pretende manter o título tem de procurar vencer os jogos, quer em casa quer fora de portas. Penso que estamos em condições de proporcionar aos nossos adeptos esta pretensão”, garantiu o porta-voz da equipa técnica.
Abordado sobre o conjunto adversário, Ivo Traça referiu que “vamos jogar com uma excelente equipa. Sempre que defronta os grandes complica. Portanto, temos os nossos argumentos para contrariarmos os intentos do oponente”, sublinhou o adjunto de Dragan Jovic.

Tempo

Multimédia