Desporto

Nelson sem “Luz” médica para jogar frente ao Libolo

António de Brito

A recuperação do lateral esquerdo Paizo é a boa notícia para o técnico Dragan Jovic, sendo que a má é a não recuperação, a tempo, do médio Nelson da Luz, visando à disputa do jogo de amanhã frente ao Recreativo do Libolo, às 15h00, no Estádio Municipal de Calulo, referente à 12ª jornada do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola'2019/20.

Encontro entre o primeiro e quarto classificado é aguardado com enorme expectativa
Fotografia: Vigas da purificação| Edições Novembro


Em dia de viagem a Calulo, o plantel do 1º de Agosto, tetra-campeão nacional, realiza hoje às 8h30, no Estádio António dos Santos França “Ndalu”, o derradeiro ensaio com o treinador bósnio a dedicar cuidados especiais aos aspectos tácticos, após o habitual aquecimento e corridas ligeiras à volta do campo.
A seguir ao último treino, o corpo técnico do detentor do título do Girabola divulga a lista dos18 jogadores para a “Operação Calulo”, que depois do almoço parte na máxima força para o local do jogo.
Apesar da ausência de Nelson da Luz, Dragan Jovic e adjuntos trabalham uma equipa capaz de competir ao mais alto nível diante da formação do Cuanza-Sul, onde o objectivo passa por conquistar os três pontos e continuar na liderança da competição.
No treino de ontem, o médio ofensivo Zito Luvumbo foi o alvo mais procurado pelas objectivas das máquinas fotográficas. O extremo esquerdo do 1º de Agosto destacou-se pela Selecção Nacional Sub-17, no Campeonato do Mundo de Futebol, disputado recentemente no Brasil.

Atletas disponíveis

Com excepção de Nelson da Luz, Dragan Jovic treina com todos os atletas que formam o plantel do 1º de Agosto, nomeadamente Tony Cabaça, Neblú e Julião (guarda-redes); Isaac, Paizo, Natael, Bobô, Dani Massunguna, Jó, Bonifácio, Aldair, Catraio e Macaia (defesas); Buá, Kila, Mário, Atouba, Cirilo, Evanilson, Mongo, Ibukun, Ary Papel e Zito Luvumbo (médios); Melano Dala, Lionel Yombi e Mabululu (avançados).
Frente ao Libolo de André Makanga, o treinador do 1º de Agosto deve manter o “onze” que utilizou diante do arqui-rival Petro de Luanda, com Tony Cabaça na baliza. Isaac, na direita, e Paizo, na esquerda. Bobô e Massunguna formam as duplas de centrais.
Macaia vai actuar na posição de trinco. Na linha intermédia, o bósnio mantém as apostas em Buá, Mongo, Ibukun e Ary Papel. As despesas de ataque entregues a Mabululu.
Nesta deslocação à vila de Calulo, o 1º de Agosto espera quebrar o”enguiço” de dez jogos sem vencer, após o último triunfo, por 2-0, em 2009. Em 12 disputados, o Recreativo do Libolo venceu dois e empatou nove. Marcou 11 golos e sofreu igual número. Em 24 jogos disputados, o 1º de Agosto tem um registo de sete vitórias contra quatro do Libolo. As restantes partidas terminaram empatadas.

Ivo Traça assume discurso de vitória

Na antevisão ao jogo, Ivo Raimundo Traça, treinador-adjunto do 1º de Agosto, não escondeu o desejo de vitória diante do Recreativo do Libolo, apesar de antever um jogo bastante difícil”.
A equipa vem de uma derrota com o Petro de Luanda e tem a obrigação de vencer em Calulo. Sabemos das dificuldades a encontrar, porque, o Libolo está a fazer um excelente campeonato, sobretudo nos jogos caseiros. Trabalhámos uma equipa capaz de sair do Libolo com os três pontos. Mas, não será fácil, visto que o adversário vem de resultados positivos”, reconheceu ao Jornal de Angola.
Com 27 pontos, o 1º de Agosto lidera o campeonato, mais um que o segundo classificado - Petro de Luanda. O treinador-adjunto de Dragan Jovic referiu que “ nós não estamos preocupados com o nosso adversário directo. Vamos continuar a fazer o nosso trabalho. Na presente edição do campeonato, as nossas pretensões visam à conquista do título do Girabola. Sabemos que não será fácil, mas iremos nos bater pelo troféu até ao fim”, admitiu, sublinhando que a formação militar persegue o penta-campeonato, com base na humildade e no respeito pelos adversários.

Tempo

Multimédia