Desporto

Nelson Semedo elogia estrutura do Barcelona e Lionel Messi

Nelson Semedo tem um raro privilégio: joga ao lado de Lionel Messi e de Cristiano Ronaldo, os dois melhores jogadores do mundo, que dividem o prémio de Bola de Ouro do futebol há dez anos consecutivos.

Semedo manifesta respeito por Cristiano e Lionel Messi
Fotografia: Manuel Queimadelos Alonso | Getty Images

O lateral joga com Messi no clube, com Ronaldo na selecção portuguesa e por isso torna a pergunta obrigatória: qual é o melhor?
“São dois jogadores de outro planeta, dois jogadores que estão muito distantes de todos os outros. Para mim e para o André Gomes é um privilégio jogar com os dois melhores jogadores do mundo e só quero é desfrutar”, respondeu.
Uma resposta diplomática, portanto. Menos diplomática foi a resposta sobre o que mudou nele desde que deixou o Benfica e assinou pelo Barcelona.
“Cresci muito como jogador e como pessoa. O Barcelona é um grande clube, tem grandes profissionais, tem grandes jogadores e sinto que tenho crescido a jogar ao lado deles, estou hoje mais forte”, referiu.
“Se não tive medo de colocar a presença no Mundial em risco com a transferência para o Barcelona? Não, não tive medo. Sabia que ia ser um desafio muito grande, muito difícil e graças a Deus está a correr tudo bem. Sempre acreditei que tinha qualidades para jogar no Barcelona. O Barcelona também está a confiar em mim e está tudo bem.”

Disputa por lugar
“Para Portugal é bom, porque significa que na posição de lateral direito, como em todas as posições, temos muitos jogadores que podem ir ao Mundial. Isso quer dizer que temos muitas e boas soluções e que vamos dar muitas dores de cabeça ao seleccionador”, começou por dizer.
Apesar de estar num dos maiores clubes da Europa, não sente que isso lhe traga qualquer vantagem: “Não sinto que tenha lugar assegurado no Mundial, estaria mal se sentisse isso. São poucos os que podem dizer que têm lugar no Mundial assegurado. Estamos todos a trabalhar para mostrar que podemos ser os escolhidos.”

Tempo

Multimédia