Desporto

Neymar fractura quinto metatarso do pé direito

É a pior notícia que Neymar podia receber nesta fase da época: o jogador brasileiro tem uma fractura no quinto metatarso do pé direito, um problema parecido com o que o afastou dos relvados durante três meses em 2018..

Jogador brasileiro pode ter paragem no mínimo de 45 dias
Fotografia: DR

A informação está a ser avançada pela imprensa brasileira, segundo a qual não está descartada a hipótese de o craque do Paris Saint Germain (PSG) ser sujeito a uma cirurgia.
O médico da selecção brasileira, Rodrigo Lasmar, está a caminho de Paris, com vista a avaliar a situação. Foi ele quem operou o avançado no ano passado.
Para já a paragem é de 45 dias, o que implica a ausência no importante jogo da Liga dos Campeões, com o Manchester United, dia 12 do próximo mês. A segunda mão dos quartos-de-final com os red devils disputa-se a 6 de Março, em Paris.
A 23 do corrente, o PSG celebrou o apuramento para os oitavos-de-final da Taça de França, mas a vitória sobre o Estrasburgo, por 2-0, pode ter sabor amargo para os homens da capital. É que, no meio de um encontro tranquilo, os parisienses viram Neymar sair do campo em lágrimas à hora do jogo, devido a uma lesão aparentemente grave no tornozelo. Quanto aos golos da partida, marcaram Edinson Cavani (4') e Ángel Di María (80').

Tuchel pouco optimista
O técnico Thomas Tuchel ainda não quer estimar o tempo de recuperação, mas não parece muito optimista com as primeiras impressões.
“Será muito difícil (que ele jogue contra o United)”, disse o alemão em entrevista ao Canal+.
“Vamos ter que esperar pela primeira semana, que será muito importante, para vermos a sua reacção ao tratamento. Só aí vai dar para se ter uma precisão. Mas será muito difícil”.
Enquanto o PSG espera pelo camisa 10, Tuchel ainda quer um reforço para o meio campo antes do fim da janela de transferências. O argentino Leandro Paredes, do Zenit, é tido como quase certo.

Tempo

Multimédia