Desporto

Nike abre investigação após polémico rasgão na sapatilha de Zion

É provavelmente um dos grandes acontecimentos do ano desportivo nos Estados Unidos da América. Várias celebridades, entre as quais Barack Obama e LeBron James, marcaram presença no Cameron Indoor Stadium para assistir ao confronto entre os Duke Blue Devils e os North Carolina Tar Heels, duas equipas com uma rivalidade histórica no contexto do basquetebol colegial norte-americano.

Fotografia: DR

E não foi preciso esperar muito tempo para se instalar a controvérsia: Zion Williamson, um dos grandes protagonistas da NCAA, saiu lesionado devido... a um rasgão inesperado na sua sapatilha esquerda logo aos 33 segundos de jogo. Williamson caiu de imediato agarrado ao seu joelho, não se sabendo ainda qual a gravidade da lesão.
O vídeo correu mundo e a polémica visou logo a Nike, fabricante da sapatilha em questão. A empresa desportiva reagiu ao sucedido ao emitir um comunicado no qual assegura que vai abrir uma investigação sobre o que considera ser “um acontecimento isolado” com um dos seus produtos, tendo vincado a máxima preocupação com a saúde e bem-estar de todos os seus desportistas.
Quem não perdeu tempo foi a Puma, marca que compete com a Nike no mesmo mercado, tendo publicado uma mensagem nas redes sociais (entretanto apagada) onde se lia “isto não teria acontecido se ele levasse umas Puma”.

Tempo

Multimédia