Desporto

Novo técnico do Interclube tem “baptismo” complicado

António de Brito

Com cinco jogos agendados, a disputa da 10ª jornada do Girabola abre amanhã, com o aliciante "dérbi" Interclube-Petro de Luanda, às 15h30, no Estádio 22 de Junho, desafio que marca a estreia do novo treinador da formação afecta à Polícia Nacional, Bruno Ribeiro, que sucedeu Rui Garcia no cargo.

Equipa afecta à Polícia quer regressar aos triunfos diante de colosso e candidato ao título
Fotografia: Vigas da Purificação

A tarde inscreve ainda os encontros: Desportivo da Huila-Recreativo do Libolo, FC Bravos do Maquis-Recreativo da Caála, Sagrada Esperança-Cuando Cubango FC e Kabuscorp do Palanca-Saurimo FC.
Depois de a direcção presidida por Alves Simões ter dispensado os serviços de Rui Garcia, por força dos maus resultados no campeonato, o Interclube pretende quebrar o enguiço de quatro jogos sem vencer na recepção ao Petro de Luanda, daí a razão da contratação do técnico Bruno Ribeiro, para recolocar a equipa nos lugares cimeiros da prova.
O treinador português assume a equipa num período difícil, e tem o primeiro jogo “a doer” frente ao Petro de Luanda, que vem de vitória moralizadora frente ao Kabuscorp do Palanca. O novo técnico do Interclube está obrigado a vencer ou, na pior das hipóteses, empatar o desafio para justificar a aposta de Alves Simões.

Tempo

Multimédia