Desporto

Bernie Ecclestone alerta para o risco de saída da Ferrari

Bernie Ecclestone deixou o aviso: a Ferrari pode abandonar a Fórmula 1. Em causa estão as alterações pensadas pela Liberty Media para o futuro da modalidade, nomeadamente as motorizações e a questão do limite de gastos.

Fotografia: Andrej Isakovic | AFP

“Se eles não conseguirem ganhar, vão tentar mudar o regulamento. Se o regulamento caminhar na direcção que eles acreditam que vá trazer dificuldades e não puderem manter o investimento, então a Ferrari vai sair”, referiu o antigo patrão da F1, em declarações reproduzidas pelo “Globo Esporte”.
A Ferrari é o único construtor que está na Fórmula 1 desde a primeira edição do campeonato, em 1950, mas Ecclestone acredita que a marca italiana pode mesmo sair caso se confirmem os cenários previstos, admitindo perceber e até apoiar esta posição.
“Eles não querem um tecto de gastos nem nada disso. Querem gastar tudo que podem e eu sempre defendi isso. Se as pessoas não podem gastar, têm de se ir embora.”

Tempo

Multimédia