Desporto

Cadetes tentam triunfo no desafio com egípcias

Teresa Luís

A Selecção Nacional de cadetes (representada pelo 1º de Agosto) tenta alcançar hoje às 9h30, a sua primeira vitória no Campeonato do Mundo da categoria, que se disputa na Polónia, quando defrontar a sua similar do Egipto, numa partida referente às classificativas do 17º ao 24º lugar.

Andebolistas falharam melhoria do 16º lugar obtido em 2016
Fotografia: José Soares| Edições Novembro

Depois de falharem os objectivos, que passavam pela melhoria ou manutenção do décimo lugar de 2016, as pupilas de Danilo Júnior querem redimir-se no encontro com as egípcias. As magrebinas, a par das angolanas, também desconhecem o sabor do triunfo.
Cientes das dificuldades a serem encontradas no desafio, ontem, o grupo aproveitou a folga para retemperar energias e projectar o jogo. Durante a fase regular, as cadetes perderam (19-26) com a Polónia, (19-28) Alemanha, (20-23) Áustria, (23-24) Eslováquia e empataram (19-19) com a Roménia.
Em cinco partidas, o conjunto angolano marcou 100 golos, sofreu 120 e produziu uma média de 20 golos por jogo, terminando na última posição do Grupo A, com um ponto. Diana Masseu (35 golos) ocupa a quinta posição da lista de melhores marcadoras, Luzia Kiala encontra-se na 24ª (23), ao passo que a tunisina, Fadwa Jiuoa (47) lidera.
De salientar que a Tunísia é a única selecção africana qualificada para os oitavos-de-final, onde mede forças com a sua congénere da Rússia. Edna Esteves, Luzia Kiala, Chelsia Gabriel, Beatriz Masseu, Paulina da Silva, Paula Frederico, Catarina Sucuacuexe, Jelsia Monteiro, Márcia Manuel, Dolores do Rosário, Rossana Mateus, Ana Coio, Zuraida Sebastião, Lelinelsa Muhongo, Esperança Pedro, Sílvia Cassilândia, Joana Gambôa, Henriqueta Diogo, Lígia Ferreira, Tayane Castro e Isabel Chipongue são as jogadoras que disputam o Mundial de cadetes.

Tempo

Multimédia