Desporto

Japonês 1º no doping dos PyeongChang2018

Vários casos de doping mancharam esta edição dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018. O primeiro a ser apanhado foi o do patinador de velocidade japonês Kei Sato, que acusou positivo para acetalozamida, um produto diurético considerado mascarante.

 

 

 

 

Fotografia: EDIÇÕES NOVEMBRO

O atleta russo de curling Alexander Krushelnitsky, que competiu sob a bandeira olímpica e acusou positivo num exame antidoping pelo uso de Meldonium, e perdeu a medalha de bronze conquistada nos pares mistos, ao lado da mulher.

Ziga Jeglic, jogador de hóquei no gelo da Eslovénia, também acusou positivo, para a substância fenoterol, um broncodilatador. Uma amostra de Nadezhda Sergeeva, atleta de bobsled, deu positivo para uma substância proibida.

Tempo

Multimédia