Desporto

Lewis Hamilton vence e assume liderança do mundial

Lewis Hamilton dominou, ontem,  no regresso do Grande Prémio de França ao calendário da Fórmula 1 e aproveitou uma colisão entre Sebastian Vettel e Valtteri Bottas para ganhar vantagem na luta pelo título.

Fotografia: DR

O piloto britânico terminou confortavelmente na frente do Red Bull de Max Verstappen para assumir a liderança do campeonato com uma vantagem de 14 pontos sobre Vettel, que não foi além da quinta posição.
Vettel reagiu bem ao semáforo na partida e estava a lutar com os Mercedes quando uma travagem mal calculada levou a que o Ferrari colidisse com o carro de Bottas na primeira curva.
Uma asa dianteira partida para o alemão e um furo no pneu traseiro esquerdo para o finlandês foram as consequências do acidente. Verstappen escapou à confusão da primeira curva e, apesar de nunca ter ameaçado a liderança de Hamilton, realizou uma corrida isenta de erros para obter um segundo lugar que representa o seu melhor resultado em 2018. Kimi Raikkonen tirou partido dos pneus supermacios para recuperar e ultrapassou Vettel e Daniel Ricciardo para garantir o lugar mais baixo do pódio em Paul Ricard.
Ricciardo não conseguiu resistir à pressão de Raikkonen mas acabou a corrida com uma boa vantagem sobre Vettel e somou um quarto posto que lhe permite ascender ao terceiro no campeonato. Kevin Magnussen fez com que a Haas regressasse aos pontos com um muito positivo sexto posto, alcançado depois de se defender do Mercedes de Bottas, que com o fundo plano do W09 danificado recuperou até sétimo.
Carlos Sainz reportou à equipa uma falha de potência nas últimas voltas da corrida e não teve argumentos para se defender de Magnussen
e Bottas, terminando em oitavo e na frente do seu colega de equipa Nico Hulkenberg. Após ter brilhado na qualificação, Leclerc levou o Sauber à 10ª posição.

Tempo

Multimédia