Desporto

Petro é candidato à conquista do título provincial de ciclismo

Teresa Luís

A equipa BAI-Sicasal-Petro de Luanda é candidata à conquista do título do Campeonato Provincial de ciclismo de Luanda, cuja terceira e última etapa é disputada no sábado, a partir das 8h00, numa distância de 160 quilómetros, com partida e chegada na vila de Catete.

Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

O quinteto tricolor formado por  Dário António, Mário de Carvalho, Bruno Araújo, Cruz Tuto e Gabriel Cole suplantou os adversários nas outras fases, razão pela qual o Petro é apontado como favorito.
Para disputar a prova, estão previstos noventa e dois ciclistas, em absoluto. Os mesmos devem concentrar-se no quilómetro 30.
Resistência, força, capacidade de sofrimento e jogo de equipa são os elementos que podem determinar o vencedor do campeonato. A par do conjunto do Eixo Viário,  participam no campeonato luandense as formações da Orped, Amadores Cicloturitas (ACT), Gicate, Kambas da Bicicleta (KB), Misto do Talatona,  Kambas do Pedal de Luanda (KPL) e Centro de Ciclismo da Cidade do Kilamba (CCCK).
No domingo, os ciclistas disputam um circuito fechado de 30 quilómetros no Zango (3), com arranque às 9h00, sem carácter competitivo. O secretário-geral da associação, José Guedes, explicou que a prova no Zango visa celebrar e premiar os vencedores.
“Inicialmente, devíamos dar os prémios no final de cada etapa, mas preferimos fazer uma confraternização e premiar todos de uma vez”, disse. No contra-relógio individual  disputado no último fim-de-semana, Dário António, do Petro, conquistou o título, ao pedalar os 30 quilómetros em 23 minutos e 48 segundos, com a velocidade de 50,420 k/h.
Dário António destronou João Cavaleiro, dos ACT que terminou na sétima posição da tabela classificativa. Mário de Carvalho (25min e 22seg) e Bruno Araújo (26 min e 07 seg) todos da formação tricolor completaram o pódio. O Petro venceu também o contra-relógio por equipas, seguido pela Orped e os ACT.

Tempo

Multimédia