Desporto

Polícias e militares em ajuste de contas

Teresa Luís

Interclube e 1º de Agosto centralizam as atenções da quarta jornada da segunda volta do Campeonato Provincial sénior masculino de andebol, quando se defrontarem amanhã, às 18h00, no Pavilhão Anexo I da Cidadela Desportiva.

Confronto de colossos deve levar muito público à Cidadela
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

O encontro entre os co-lossos antevê-se renhido e de desfecho imprevisível.  Os polícias, às ordens de Victor Tchikoulaev, querem aproveitar o factor casa para repetir o feito da primeira volta em que venceram (21-17), no Gama.
Rapidez nas transições defesa e ataque, exploração das linhas de passe e coesão defensiva é o que se recomenda ao conjunto do Rocha Pinto. Custódio Gouveia, William Fankoua, Mayomona Panzo, Mário Tati, Adelino Pestana e Nestor Quinanga podem ser determinantes na manobra da equipa.
Os rubro e negros, sob comando de Filipe Cruz, encaram a partida como desforra. A frescura física aliada à irreverência da juventude são os pontos fortes dos militares. Saídas rápidas para o contra-ataque, eficácia nas acções ofensivas e o rigor defensivo podem catapultar a turma do Rio Seco para a vitória.
Rome Hebo, Otiniel Pascoal, Manuel Nascimento, Declerk Sibo, Adilson Ma-neco, Agnaldo Tati, Agnelo Kitongo, a par do veterano Giovane Muachissengue são as unidades mais produtivas do 1º de Agosto.
Na outra partida, à mesma hora, no complexo do Gama, o Exército recebe o Petro de Luanda, com o favoritismo do lado dos tricolores. Por imperativo de calendário, o Desportivo da Marinha folga. Em femininos, hoje às 18h00, o Desportivo da Marinha mede forças com o Petro de Luanda no campo do ex-RI-20, enquanto ASA e Epal jogam na quadra do aeroporto. O desafio entre Progresso Sambizanga e 1º de Agosto foi adiado.

Tempo

Multimédia