Desporto

Prova do Japão afasta pressão da Mercedes

mercedesToto Wolff admite que a Mercedes não pode ser considerada favorita no Grande Prémio do Japão de Fórmula 1, mesmo depois de ter sido a sua equipa a vencer as últimas três edições da prova japonesa, uma vez com Nico Rosberg, as outras duas com Lewis Hamilton.

Dirigente quer dar resposta ao acerto dos seus rivais
Fotografia: Andrej Isakovic | AFP

Os “Flechas Prateadas” têm tido uma quebra de competitividade desde Singapura, passando a ser o terceiro carro mais rápido da grelha, ainda que tendo em conta o que se passou em Singapura tenha sido Hamilton a vencer. “O traçado de Suzuka coloca-nos questões bem diferentes dos anteriores, e sendo verdade que temos estado bastante bem nesse traçado nos últimos três anos também é verdade que esse histórico conta muito pouco com estes carros e pneus de 2017. É um circuito que premeia pilotos e carros que estejam no seu melhor.”

Tempo

Multimédia