Desporto

Selecção está a competir na cidade de Brazzaville

António Cristóvão |

A Selecção Nacional de Boxe está desde sábado à noite na cidade de Brazzaville, onde hoje começa a competir no Campeonato Africano, no pavilhão de Talangai do Complexo Desportivo de Kintélé.

Pugilistas angolanos ambicionam o pódio
Fotografia: José Soares | Edições Novembro

Inicialmente, a prova estava marcada para o final do mês de Maio, na capital congolesa, mas foi adiada pelo Comité Organizador.
Os pugilistas nacionais seguiram confiantes na obtenção de um resultado positivo na competição africana. Depois da chegada à capital congolesa, a equipa nacional efectuou uma sessão de treino no ginásio Michel D’Omano.
Para a cidade de  Brazzaville, o técnico Enrique Carrion levou os seguintes pugilistas: Miguel Kembo, Vivaldo dos Santos, Pedro Gomes, Francisco Gomes, Naftal Goma, Pamelo Nsiona Salakiaku, Vidal Gaieta, Menayame Mbimbi, Tumba Silva e Carlos Masia.
Além do seleccionador nacional e os atletas, seguiram também os técnicos assistentes Giovani Pimentel e Panda Lucumbi, bem como o médico Luís Netto.
De acordo com o presidente da Federação Angolana de Boxe (FABOXE), Carlos Luís, o objectivo é lutar pelo topo do quadro geral de medalhas, mas reconhece algumas dificuldades na sua concretização, devido às selecções da Zona do Magrebe. Além da Argélia, Tunísia, Egipto e Marrocos, Carlos Luís apontou também os pugilistas da República Democrática do Congo (RDC), Botswana e Nigéria como outros opositores da Selecção Nacional. As preliminares da competição, que começaram ontem, encerram amanhã no pavilhão de Talangai, enquanto as meias-finais estão marcadas para o próximo sábado no Complexo Desportivo de Kintélé. O “Africano” é qualificativo para o Campeonato do Mundo, a ter lugar entre finais de Agosto e  princípio de Setembro na cidade de Hamburgo, Alemanha.

Tempo

Multimédia