Desporto

Palancas iniciam preparação para recepção aos Escorpiões

António de Brito

A Selecção Nacional de futebol de Honras começa a projectar hoje , às 17h00, no Estádio Municipal dos Coqueiros, o jogo com a congénere da Gâmbia, a disputar-se na próxima quarta-feira, às 20h00, no Estádio Nacional 11 de Novembro, referente à primeira jornada do Grupo D de apuramento para o Campeonato Africano das Nações (CAN'2021), a decorrer nos Camarões.

Selecção Nacional de Honras defronta na próxima quarta-feira a congénere da Gâmbia
Fotografia: José Cola |Edições Novembro

No arranque da preparação, o técnico Pedro Gonçalves vai trabalhar apenas com os girabolistas, enquanto os jogadores que actuam na diáspora são aguardados na segunda e na terça-feira, por força dos compromissos com as respectivas equipas, amanhã e domingo.
Sendo assim, o seleccionador nacional interino inicia a preparação com 15 dos 25 jogadores convocados, nomeadamente Tony Cabaça, N'sesane e Landu (guarda-redes); Isaac, Paizo, Wilson, Diógenes, Fernando Quissanga e Quinito (defesas); Macaia, Ito, Além e Herenilson (médios); Yano e Mano Calesso (avançados).
Os trabalhos físico e técnico com bola vão dominar seguramente o primeiro apronto do combinado nacional. A culminar a preparação, Pedro Gonçalves reparte o grupo de jogadores, com o objectivo de efectuar o habitual jogo treino em campo reduzido.
Até ao dia do jogo com os Escorpiões da Gâmbia, os Palancas Negras vão trabalhar em regime de concentração. Amanhã e segunda-feira, o “onze” nacional treina no Estádio Nacional 11 de Novembro, a partir das 17h30, para se ambientar à luz artificial, uma vez que o jogo acontece à noite.

Condições criadas
Contactado pelo Jornal de Angola, Miller Gomes, director técnico da Federação Angolana de Futebol (FAF), garantiu estarem criadas as condições para que os trabalhos comecem sem sobressaltos. “Temos esta questão acautelada. Aliás, trabalhámos sempre com antecipação”, assegurou.
No espaço de 90 dias, Angola e Gâmbia disputam o terceiro jogo, com os Palancas Negras em vantagem nos duelos realizados. Nas eliminatórias de acesso à fase de grupos para o Mundial de 2022 no Qatar, a Selecção Nacional superou o adversário (1-0 e 2-1), respectivamente. Para o mesmo Grupo, o Congo Democrático defronta o Gabão.
Integram a convocatória dos Palancas Negras, os guarda-redes Tony Cabaça (1º de Agosto), N'sasene (Académica do Lobito) e Landu (FC Bravos do Maquis); os defesas Isaac e Paizo (1º de Agosto), Wilson e Diógenes (Petro de Luanda), Fernando Quissanga (Progresso Sambizanga), Quinito (Interclube), Bastos Quissanga (Lázio de Itália) e Núrio Fortuna (Charleroi da Bélgica).
No meio campo Pedro Gonçalves chamou Além e Herenilson (Petro de Luanda), Macaia (1º de Agosto), Show (Lille de França), Fredy (Alanyaspor da Turquia) e Ito (Interclube). Para o ataque foram convocados Gelson Dala (Alanyaspor da Turquia), Yano (Petro de Luanda), Fábio Abreu (Moreirense de Portugal9, Mateus Galiano (Boavista), Vá (Pagos do Chipre), Geraldo (Al Ahly do Egipto),Mano Calesso (Interclube) e Wilson Eduardo (Braga de Portugal).

Saída dos Sub-17
Pedro Gonçalves anunciou na quarta-feira que deixa de orientar a selecção Sub-17, depois do afastamento do Mundial de Sub-17, que decorre no Brasil.
“Para mim, o dia de ontem (terça-feira) representou o final de um ciclo no futebol jovem de Angola no maior palco possível de atingir. Foram mais de quatro anos de muita entrega e dedicação. Com muito regozijo, assinalo que contribuí para potenciar os jovens talentos angolanos no capítulo desportivo e humano”, escreveu Pedro Gonçalves na sua conta da rede social Facebook.
Ex-treinador da formação do Sporting durante 16 anos, Pedro Gonçalves, que desempenhou as funções de coordenador das selecções jovens, seleccionador de Sub-17, 20, 23 e das Honras, considerou ter sido “um privilégio ter orientado todas as selecções masculinas do futebol angolano”.
A ‘aventura’ no futebol angolano começou em 2015 na formação do clube 1º de Agosto. O técnico assume interinamente o comando técnico dos Palancas Negras.

Tempo

Multimédia