Desporto

Palancas Negras estão de regresso a Luanda

Os Palancas Negras regressam amanhã de madrugada a Luanda, provenientes da cidade de Casablanca, depois de serem afastados no domin­go à noite pelas Super Águias da Nigéria, por 1-2, no Grande Estádio de Tânger, também conhecido por IBN Batouta, para os quartos-de-final da quinta edição do Campeonato Africano das Nações (CHAN).

Vá foi autor de um dos dois golos dos Palancas Negras
Fotografia: Cafonline.com


Vladimir Félix “Vá” apontou o primeiro golo, enquan-to Anthony Okpotu e Oke­chukwu Gabriel foram os autores dos tentos das Super Águias. Na primeira fase da competição, a Selecção Nacional ocupou a segunda posição da tabela classificativa do Grupo D, com cinco pontos, atrás dos Diabos Vermelhos do Congo, com sete.
Os Cavalos do Burkina-Faso ficaram no terceiro lugar com dois, enquanto os Leões Indomáveis dos Camarões ocuparam a quarta e última posição, com um. Com este resultado, os Palancas Negras superaram a classificação da edição anterior disputada no Ruanda em 2016, onde a equipa nacional se quedou  pelo terceiro lugar do Grupo B, com três pontos. Apesar de nesta edição terem cumprido com o objectivo primário, os Palancas Negras  ficaram longe do segundo lugar, alcançado em 2011, no Sudão.
Os Leões Indomáveis fo­ram os primeiros do Grupo, com sete pontos, seguidos pelos Simbas da República Democrática do Congo (RDC), com seis. No quarto e último lugar da série classificaram-se os Antílopes da Etiópia, com apenas um.
Na segunda edição do CHAN, disputada em 2011, no Sudão, os Palancas Negras perderam na final diante da Tunísia, por 0-3, no estádio do Al Merreikh, na cidade Omdurmam, nos arredores de Cartum. No Marrocos, Os Palancas Negras marcaram dois golos e sofreram outros tantos.

Tempo

Multimédia