Desporto

Palancas Negras limam arestas em Polokwane

António Cristóvão

Os Palancas Negras cumprem hoje à tarde a segunda sessão de treino na cidade de Polokwane (Petersburgo), província sul-africana de Limpopo, onde joga amanhã, às 16h00, com as Zebras do Botswana, no estádio Old Peter Mokaba, para a primeira jornada do Grupo B da 18ª edição da Taça do Conselho das Associações de Futebol da África Austral (Cosafa).

Conjunto às ordens de Srdjan Vasiljevic prepara o desafio com a selecção do Botswana
Fotografia: José Soares | Edições Novembro

Como tem sido habitual, o técnico Srdjan Vasiljevic reparte os jogadores em dois grupos, para ensaiar a finalização com jogadas combinadas. Depois vai alinhar os defesas de um lado e do outro vai colocar os médios e os atacantes, com o fim de exercitar as saídas pelas laterais para as acções com pressão do homem com a bola.
Para a conclusão da preparação, os jogadores vão exercitar as cobranças de bolas paradas, de modo a melhorar a execução de livres (pontapés de cantos e livres junto da área).
Ontem à tarde, a equipa técnica reservou a primeira parte do treino para recuperar os atletas, devido ao cansaço da viagem de autocarro entre as cidades de  Joanesburgo e Polokwane.
Na parte final da preparação, o seleccionador nacional aprimorou as situações de jogo, para observar a condição física do grupo e corrigir a finalização com algumas jogadas combinadas.
A Selecção Nacional de Honras encontra-se desde o princípio da madrugada de sábado no palco do desafio. O grupo só ficou completo na sexta-feira à noite em Joanesburgo, pelo facto da equipa ter viajado dividida para a África do Sul.
Os Palancas Negras estão no Grupo B, ao lado das Zebras, Club M ou Dodôs (pássaro em via de extinção nas Ilhas Maurícias) e Chamas do Malawi.
Apesar de viajar contrariado, devido às péssimas condições de trabalho, Srdjan Vasiljevic mostrou-se confiante com o grupo de trabalho e numa excelente exibição dos Palancas Negras na competição. 
“Espero o melhor da Selecção Nacional. Vamos tentar conquistar a Cosafa. Vamos dar de tudo para vencer, mas se não conseguirmos não nos abandonem. Precisamos do vosso  apoio”, declarou aos jornalistas, antes do embarque para a África do Sul. O vencedor do Grupo B joga, nos quartos-de-finais, frente aos Guerreiros do Zimbabwe, às 16h30, no estádio Old Peter Mokaba.
O torneio da Taça Cosafa arranca hoje, às 13h00, com o desafio entre Escorpiões do Madagáscar e Mambas de Moçambique, no estádio Old Peter Mokaba, para a primeira jornada do Grupo A. Para a conclusão da jornada, os Celecantos das Ilhas Comores enfrentam os Piratas das Seychelles, às 16h30, no mesmo recinto de jogo.

Tempo

Multimédia