Desporto

Palanquinhas respiram ar da cidade de Lusaka

António Cristóvão

A Selecção Nacional Sub-20 de futebol masculino efectua hoje a primeira sessão de treino, na capital da Zâmbia, Lusaka, onde amanhã às 9h00, joga com a similar das Seychelles, no Estádio Nkoloma, para a primeira jornada do Grupo C da Taça Cosafa.

Sub-20 passaram nos três testes com equipas de seniores
Fotografia: Mota Ambrósio | Edições Novembro

O técnico José Silvestre “Pelé”vai aproveitar a preparação para fazer os derradeiros acertos tácticos, com realce para a organização do sector defensivo e melhoria da eficácia do ataque.
Os Palanquinhas embarcaram ontem à tarde, via Joanesburgo, para a cidade de Lusaka, onde José Silvestre “Pelé” levou os guarda-redes Nsesani Simão e Geovani; os defesas Kelson, Balsa, Gegé, Afonso Binga, Telson, Diogo e Aldair; os médios Mário Silva, Edson Mandelé, Beni, Benvindo, Picas, Dos Santos e Pedro Agostinho; os avançados Zine Salvador, Melono Dala, Gladilson e Bito.
O dianteiro Bito, do 1º de Agosto, foi chamado na sexta-feira passada para ocupar a vaga deixada por Castro, do Real Sambila FC.
Seguiram também viagem Felício Campos (treinador assistente), Lourenço de Jesus “Pavão”(técnico de guarda-redes), Carlos Queirós (assessor da equipa técnica), Raimundo Ngongue (técnico de equipamento), Pedro dos Santos (supervisor), Miller Gomes (director técnico), Agostinho da Costa (médico), Sílvia dos Santos (fisioterapeuta) e Nelson Nascimento “Hadi” (chefe da delegação).
Sábado passado, os Palanquinhas venceram a equipa principal do Recreativo do Libolo, por 2-1, no Estádio Municipal dos Coqueiros, no terceiro jogo treino enquadrado na preparação para a disputa da taça regional. A Selecção Nacional venceu os três desafios.
No primeiro, derrotaram a equipa B do Progresso Sambizanga, por 4-1, no Estádio Nacional da Cidadela, e no segundo golearam o Domant FC do Bengo, por 5-2.
Na segunda jornada, a Selecção Nacional enfrenta a similar de Moçambique, no sábado, às 11h45, no mesmo recinto da capital zambiana, e encerra a primeira fase diante da similar de e-Swatini no dia 9 de Dezembro, às 11h45, no Estádio Nkoloma.
Na edição anterior, os Palanquinhas ocuparam a terceira posição, ao derrotarem na decisão do terceiro lugar a Zâmbia, por 2-1, no Estádio Nkana, em Lusaka.

Aptidão do grupo

José Silvestre “Pelé”, disse, antes do embarque, que os jogadores estão aptos para a disputa de um excelente torneio. “Estamos prontos para mais uma empreitada. Quer dizer que até agora tudo correu bem. Não há razões de queixa. Levamos estes novos jogadores para ganharem experiência internacional”, declarou à imprensa.
Questionado sobre o adversário de estreia, o técnico reconheceu qualidade na selecção das Ilhas Seychelles. “É um adversário a ter em conta. Sabemos que nesta região os países têm estado a trabalhar de forma árdua nas camadas jovens. Não podemos adormecer pela expressão do nome do adversário”, finalizou o treinador.
O capitão dos Palanquinhas, Nsesani Simão, garantiu que o moral do grupo é alto. “Estamos moralmente bem. O grupo está forte e unido. Tenho certeza que vamos conseguir bons resultados e honrar a Nação”, destacou o guarda-redes da Académica do Lobito.

Tempo

Multimédia