Desporto

Pérolas serão mais fortes com jogadoras na Europa

A evolução da Selecção Nacional sénior feminina de andebol, depende da ida das jogadoras às principais ligas europeias, para deste modo alcançar-se melhores resultados nos Campeonatos do Mundo e Jogos Olímpicos, defende o seleccionador, Morten Soubak.

 

Fotografia: DR

Em entrevista concedida ao Jornal de Angola, o técnico dinamarquês afirmou que o investimento, com vista ao salto qualitativo, pode ser feito de várias formas, pois em seu entender, na eventualidade do quadro se mantiver a nível continental, a concorrência será maior. "Quem investe tem bons resultados. As principais atletas do Senegal, Congo, Camarões e Tunísia jogam em clubes europeus. Por conseguinte, têm outra qualidade individual, e isso tem retorno nas selecções destes países", antevê.

 

 

 

Tempo

Multimédia